Na terra da rainha

Dez atrações gratuitas em Londres

Além da libra mais barata, quem vai a Londres pode aproveitar alguns programas na cidade sem pagar nada. A seguir, algumas sugestões

18/10/2016 - 03h01min | Atualizada em 27/10/2016 - 19h23min
Dez atrações gratuitas em Londres Andrew Pickett,VisitBritain/Divulgação
Foto: Andrew Pickett,VisitBritain / Divulgação

1. British Museum

Os quase 7 milhões de visitantes anuais fazem deste museu o segundo mais visitado do mundo, atrás apenas do Louvre, em Paris. Aberto em 1759, tem em sua coleção permanente peças históricas como a Pedra de Roseta e os frisos do Partenon de Atenas. O British Museum ficou ainda mais célebre ao aparecer no filme A múmia, em 1999 — aliás, o museu conta com uma coleção de múmias. 

É aberto ao público todos os dias (exceto de 24 a 26 de dezembro e 1º de janeiro), das 10h às 17h30min — na sexta-feira, fecha às 20h30min. Informe-se sobre os tours guiados gratuitos oferecidos ao longo do dia. 

Estações do metrô: Tottenham Court Road, Holborn, Russell Square e Goodge Street

Leia também
Libra a menos de R$ 4 faz deste um bom momento para ir à Inglaterra
Programas para curtir Londres praticamente de graça
Três cidades da Inglaterra mostram que o turismo no país vai muito além de Londres

2. Portobello Road Market

Portobello Road, no oeste de Londres, é o maior e um dos mais conhecidos mercados de antiguidades do mundo, em funcionamento há mais de 150 anos. O movimentado labirinto de vendedores e lojas é um cenário muito animado, e o simples fato de passear e sentir o ambiente já é garantia de diversão. Diariamente, a partir das 9h e até no máximo 19h, há expositores por lá — os principais dias, contudo, são sexta e (principalmente) sábado. 

Estações de metrô: Ladbroke Grove e Notting Hill Gate

3. Westminster Abbey e St. Paul's Cathedral

Westminster Abbey Foto: CARL COURT / AFP

Se você não quiser desembolsar 38 libras para conhecer as duas monumentais igrejas, é possível participar, sem pagar nada, da Evensong, uma missa quase totalmente cantada pelo coro local. Na Westminster Abbey, é realizada geralmente às 17h em dias de semana e às 15h aos fins de semana. Na St Paul's Cathedral, é às 17h de segunda a sábado e às 15h15min aos domingos.

Estações de metrô: para Westminster Abbey, Westminster e St. James' Park; para St. Paul's Cathedral, St. Paul's, Mansion House, Blackfriars e Bank

4. Cerimônia das Chaves

Um dos mais populares eventos reais da Grã-Bretanha, realizado todas as noites, às 21h53min, há 700 anos, marca o fechamento da Torre de Londres. O chefe Yeoman Warder surge da Torre Byward usando o tradicional casaco vermelho e gorro Tudor e empunhando uma vela para iluminar o caminho e as chaves da Rainha. Ele, então, encontra-se com membros da escolta (Tower of London Guard) e, juntos, trancam os portões principais. 

O ritual continua importante hoje em dia, mesmo que a construção não abrigue mais membros da realeza ou prisioneiros, porque as Joias da Coroa e muitos outros objetos valiosos continuam por lá. O ingresso para a Torre de Londres custa 25 libras, mas a cerimônia tem entrada franca. O problema: como é muito procurada, não há nenhuma vaga até julho de 2017! 

Estação de metrô: Tower Hill

5. Troca da Guarda

Foto: Pawel Libera,VisitBritain / Divulgação

É um dos eventos mais tradicionais de Londres, quando a tropa da Guarda Real que está vigiando o Palácio de Buckingham é substituída pelo grupo seguinte. Trata-se de uma cerimônia de 30 minutos com marchas e música de uma banda militar. Popular, atrai multidões de turistas à residência da família real — portanto, che-gue bem cedo. De abril a julho, é realizada diariamente, às 11h30min (exceto em dias de chuva). No restante do ano, ocorre em dias alternados. É aconselhável conferir a programação no site, para certificar-se de que não houve mudanças ou cancelamento.

Estações de metrô: Victoria Station, Green Park e St. James' Park

6. Museu de História Natural

Fãs de animais e plantas não podem perder uma visita a este museu fundado em 1881, que reúne mais de 80 milhões de espécimes — algumas, inclusive, coletadas por Charles Darwin. São fósseis, slides de seres microscópicos e até esqueletos dos extintos dodô e mamute e de uma baleia-azul. A atração mais popular é a Galeria dos Dinossauros, que conta com peças como o primeiro fóssil de T. rex encontrado no mundo e o crânio de um Triceratops. Aberto diariamente, das 10h às 17h50min, exceto de 24 a 26 de dezembro. 

Estação de metrô: South Kensington

7. Hyde Park

Estendendo-se ao norte de Hyde Park Corner até Marble Arch, o Hyde Park é uma grande ilha verde entre as mais movimentadas ruas comerciais de Londres — e, talvez, o parque mais famoso da cidade, visitado por 7 milhões de pessoas anualmente. Ótimo local para se fazer um piquenique, andar de bicicleta ou de barco e aproveitar os festivais e concertos ao ar livre realizados todos os anos. Aberto das 5h à meia-noite. 

Estações de metrô: Lancaster Gate, Marble Arch, Hyde Park Corner e Knightsbridge

8. Sky Garden

Foto: Julia Medeiros Ramos / Arquivo Pessoal

Localizado no edifício "Walkie Talkie" (20 Fenchurch Street, centro de Londres), oferece uma oportunidade rara de conhecer a capital britânica de outro ângulo. Distribuído em três andares, é um animado espaço aberto de lazer com um belo jardim paisagístico, área de observação, terraço, café, bar e restaurante. Aberto diariamente (exceto em 7 de novembro), das 10h às 18h — nos fins de semana, das 11h às 21h. A entrada é gratuita, mas deve-se fazer reserva, com pelo menos uma semana de antecedência, no site.

Estações de metrô: Monument, Tower Hill, Tower Gate, Aldgate, Bank e Mansion House

9. National Gallery

Localizada na Trafalgar Square, em Westminster, a National Gallery é o quinto museu mais visitado do mundo. Fundada em 1824, abriga uma impressionante coleção de mais de 2,3 mil pinturas. São obras de alguns dos artistas mais conhecidos do século 13 ao 19, como Leonardo da Vinci, Rembrandt, Van Gogh, Monet, Degas, Cézanne e Gauguin. A galeria é aberta ao público todos os dias (exceto de 24 a 26 de dezembro e 1º de janeiro), das 10h às 18h — nas sextas-feiras, fecha às 21h. Vale a pena investir 4 libras no audioguia, disponível em português. 

Estações do metrô: Charing Cross e Leicester Square

10. Debates no Parlamento

Foto: VisitBritain / Divulgação

Britânicos e estrangeiros podem entrar no Palácio de Westminster (Houses of Parliament, anexo ao Big Ben) para assistir a debates do Parlamento britânico — tanto na House of Lords quanto na House of Commons. De segunda a quinta (e, às vezes, na sexta), em horários diversos, os visitantes são admitidos na chamada Galeria dos Estranhos (Stranger's Galleries). 

Para participar, é preciso encarar uma fila de uma a duas horas na entrada de visitantes de Cromwell Green. Para o Question Time, momento mais requisitado (e que tem a presença do primeiro-ministro às quartas, das 12h às 12h30min), estrangeiros só podem entrar se sobrarem vagas na hora (e depois de enfrentar outra fila).  

Estações de metrô: Westminster e St. James' Park


 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.