França

Seis parques imperdíveis em Paris

A capital francesa tem muitos espaços verdes para passar o tempo

11/10/2016 - 04h00min | Atualizada em 11/10/2016 - 04h00min
Seis parques imperdíveis em Paris David Lefranc,Paris Tourist Office/Divulgação
Champ-de-Mars Foto: David Lefranc,Paris Tourist Office / Divulgação

Paris é uma cidade que convida o turista a andar a pé. Mas, por mais charmosas as ruas e agradáveis as caminhadas, chega uma hora em que o corpo pede um intervalo. Nada melhor do que praças e jardins para descansar ou apenas observar a paisagem. A seguir, confira seis sugestões de lugares na capital francesa.

Champ-de-Mars

O Parc du Champ-de-Mars é um lugar excelente para apreciar a Torre Eiffel. No imenso gramado em frente ao monumento erguido para a Exposição Universal de 1889, centenas de visitantes e moradores se demoram em piqueniques, lendo ou simplesmente curtindo o sol do verão europeu (quando o tempo permite). À noite, as pessoas também se reúnem no parque aberto em 1780 para observar as luzes da obra de Gustave Eiffel.

Estações de metrô: Trocadéro, École Militaire, Champ de Mars/Tour Eiffel

Leia também
Paris: mais do que romântica
Atrações para encantar as crianças em uma viagem a Paris

Saiba qual é o melhor horário para visitar a Torre Eiffel

Jardins des Plantes

Foto: Rafaela Ely / Arquivo Pessoal

Um espaço que não é tão badalado, mas vale uma visita, é o Jardins des Plantes. O bem-conservado jardim botânico faz parte do Museu Nacional de História Natural. As flores coloridas e a bela arquitetura dos edifícios dentro do parque chamam atenção. Mas esse não é o lugar ideal para passar uma tarde lagarteando. Apesar da grande área que tem, apenas em um pequeno espaço do terreno é possível pisar no gramado. Nas outras partes, é preciso se contentar apenas em observar as plantas e os insetos. Alguns bancos estão à disposição do visitante que queira descansar.

Foto: Rafaela Ely / Arquivo Pessoal

Estações de metrô: Jussieu, Gare d'Austerlitz

Jardin des Tuileries

 Jardin des Tuileries Foto: Rafaela Ely / Arquivo Pessoal

Entre o Museu do Louvre e a Place de la Concorde, está o Jardin des Tuileries. Diversas estátuas estão expostas ao redor da área verde. A grama entre as fileiras de arbustos é ideal para uma parada estratégica antes ou depois das horas de visita ao Louvre. No extremo oposto do parque está localizado o Musée de l'Orangerie, com grandes telas de Monet.

Estações de metrô: Concorde, Tuileries, Palais Royal/Musée du Louvre

Jardin du Luxembourg

Jardin du Luxembourg Foto: Rafaela Ely / Arquivo Pessoal

Outro parque lindo da cidade, porém não o mais aconchegante, é o Jardin du Luxembourg. Para manter a aparência do irreparável tapete verde, é proibido pisar em boa parte da grama. Só em um dos cantos do parque é possível sentar no gramado, mas a beleza do lugar recompensa a restrição.

O jardim conta com cadeiras e bancos de metal espalhados por todo lado. Neles, parisienses e turistas aproveitam para tomar sol, comer, conversar, ler, escrever, pintar e desenhar. Cercado pela grande praça, o Palácio de Luxemburgo — tema de desenhos e pinturas — é a sede do Senado francês.

Estações de metrô: Vavin, Notre-Dame des Champs

Esplanade des Invalides

Um dos lugares mais agradáveis de Paris é a Esplanade des Invalides. O grande gramado se estende do Hôtel Nacional des Invalides até o Rio Sena. Nos dias quentes e ensolarados de julho e agosto, grupos de jovens se encontram nessa área de lazer da capital da França. O cenário fica ainda mais bonito ao observar o Hôtel des Invalides, conhecido como Palácio dos Inválidos.

Estações de metrô: Invalides, La Tour-Maubourg, Varenne

Parque Buttes Chaumont

Parque Buttes Chaumont Foto: Rafaela Ely / Arquivo Pessoal

Nenhum desses impressiona mais do que o Parc de Buttes Chaumont. Ele ocupa 25 hectares no 19º Arrondissement, uma região relativamente afastada do centro de Paris. É um dos maiores parques da cidade e um dos mais originais. Inaugurado para a Exposição Universal de 1867, a enorme área verde conta com cachoeiras, cavernas, lagos, pontes e ilhas.

No topo do pequeno morro há um templo de Sibila (foto). A subida até a parte mais alta proporciona uma linda vista da Cidade Luz. O visual do parque é impressionante, mas, a exemplo de outras praças do município, o acesso ao gramado não é permitido em grande parte do local.

Estações de metrô: Buttes Chaumont, Botzaris


 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.