Versão mobile

Glossário alimentar

Nutrólogo desvenda alguns conceitos recorrentes quando o tema é alimentação saudável

Integral, orgânico, funcional. Saiba o que isso significa para sua saúde

01/06/2012 | 06h35
Nutrólogo desvenda alguns conceitos recorrentes quando o tema é alimentação saudável Roni Rigon/Agencia RBS
Saiba o que representa cada alimento Foto: Roni Rigon / Agencia RBS

O nutrólogo Paulo Henkin comenta alguns verbetes do Glossário Temático Alimentação e Nutrição, do Ministério da Saúde, entre outros conceitos que surgem quando o assunto é hábitos alimentares. Tire suas dúvidas para não cair em armadilhas.

:: Alimento orgânico

O que é: alimento produzidos com adubo natural e sem uso de pesticidas.

Comentário do especialista: o uso de pesticida, dentro das normas, nas doses recomendadas e nas condições previstas em protocolos científicos, é segura para a saúde. Da mesma forma, o não uso de pesticidas, por si só, não é garantia de que o alimento esteja livre de contaminações, se não houver um cuidado com as condições de produção. Para o orgânico ou não, a garantia está na procedência.

:: Alimento funcional

O que é: alimento com funções protetoras para o organismo, indicado para prevenção de doenças.

Comentário do especialista: todos os alimentos têm uma função específica no organismo. As gorduras, quase sempre vistas como vilãs da boa alimentação, têm papel fundamental para a estruturação de hormônios e a absorção de vitaminas lipossolúveis.

:: Alimento integral

O que é: alimento pouco ou não processado e que mantém em perfeitas condições o conteúdo de fibras e nutrientes.

Comentário do especialista: os cereais têm várias camadas, a camada central, que é o branco, tem mais amido, fonte de energia; as camadas mais externas, a casca, são mais ricas em fibras e vitaminas. Então, não é que comer o branco faz mal, mas comendo o integral se obtém mais nutrientes. É preciso prestar atenção, no entanto, se o fabricante não usa corante para deixar o pão preto.

:: Alimento diet

O que é: alimento industrializado em que determinados nutrientes, como proteína, carboidrato, gordura, sódio, entre outros, estão ausentes ou em quantidades muito reduzidas, não resultando, necessariamente em um produto com baixas calorias.

Comentário do especialista: esse tipo de alimento é recomendado para diabéticos. Pessoas saudáveis devem regular a quantidade de açúcar diária pelo balanceamento do seu consumo — colocando menos açúcar no café, por exemplo, não pelo uso desses produtos.

:: Alimento light

O que é: alimento produzido de forma que sua composição reduza em, no mínimo, 25% o valor calórico e/ou os seguintes nutrientes: açúcares, gordura saturada, gorduras totais, colesterol e sódio, comparado com o produto tradicional ou similar de marcas diferentes.

Comentário do especialista: é o mesmo caso do diet, deve ser usado por pessoas com doenças específicas.

:: Suplemento alimentar

O que é: forma sintética de nutrientes para proporcionar uma cota adicional de alimentos destinada a prevenir ou corrigir deficiências nutricionais.

Comentário do especialista: é indicado como medicamento para o tratamento de carências nutricionais específicas, como anemia. É o que se chama de nutroterapia. Do contrário, deve-se atingir os níveis necessários de nutrientes por meio dos alimentos.

Confira a cotação de cada alimento no Dietômetro

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.