Versão mobile

Cuide-se

Tontura pode ser alerta para outros problemas

Sintoma pode ter diversas causas

02/01/2014 | 07h01
Tontura pode ser alerta para outros problemas Divulgação/Vida Ativa
Foto: Divulgação / Vida Ativa

Sentir tontura é um sintoma bastante comum. Ela é caracterizada por uma sensação rotatória do corpo em relação ao ambiente ou vice-versa, podendo durar segundos ou persistir por vários dias. Apesar de normalmente ser ignorada, é bom ficar atento ao sintoma, pois pode ser um alerta para outros problemas.

De acordo com o neurologista André Felício, as causas são diversas, incluindo condições médicas gerais como anemia, hipertensão arterial, infecções, além de causas otorrinolaringológicas, neurológicas e até psiquiátricas.

Um tipo de tontura muito comum acontece quando levantamos rápido demais.

— Neste caso, pode ocorrer o que chamamos de hipotensão postural, relacionada a uma queda brusca da pressão arterial — explica Felício.

Outra situação que gera o sintoma é a vertigem paroxística posicional benigna, quando movemos a cabeça para algum lado e sentimos uma rápida tontura, que se alivia a seguir. Nestes casos, segundo o neurologista, o problema está dentro do ouvido interno.

O neurologista indica que é importante consultar um médico quando a tontura for persistente, quando aparecer subitamente ou quando estiver associada a sintomas neurológicos ou traumas cranianos.

— Cabe aqui ressaltar a significativa quantidade de idosos fazendo uso, de maneira indiscriminada e por longo tempo, de antivertiginosos (medicações para tontura) e que podem, em alguns casos, levar a sintomas que sugerem doença de Parkinson. Por isso, o uso crônico de qualquer medicação, em particular, os antivertiginosos, deverá ser feito apenas sob orientação médica — conclui.

 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.