Contagem regressiva

Fundação lança ação para encontrar a cura da aids até 2020

A amFAR pretende investir US$ 100 milhões em pesquisa nos próximos seis anos

05/02/2014 | 13h57
Fundação lança ação para encontrar a cura da aids até 2020 Any Linnes/Dreamstime
Foto: Any Linnes / Dreamstime

A Fundação para Pesquisa da aids (amFAR) lança na noite desta quarta-feira a ação “Countdown to a Cure for HIV/AIDS” (Contagem Regressiva para a Cura do HIV), uma iniciativa de pesquisa que visa a encontrar a cura para o HIV amplamente aplicável em 2020. O objetivo é investir US$ 100 milhões em pesquisas sobre a cura do vírus nos próximos seis anos. O lançamento oficial ocorre no baile anual da amFAR em Nova York, nos Estados Unidos.

— Uma década atrás, a cura do HIV foi considerada por muitos, se não por todos, da comunidade científica, como algo impossível. Mas a ciência deu grandes passos nos últimos anos e, atualmente, há um consenso generalizado entre os pesquisadores de que uma cura para o HIV é possível e inclusive provável — afirma Kevin Robert Frost, diretor executivo da amfAR.

— Hoje estamos em um momento histórico na luta contra a aids. Com uma economia crescente, os recentes avanços tecnológicos e o dinamismo da comunidade científica, agora é a hora de nos comprometermos a encontrar uma cura acessível e, finalmente, por fim à epidemia global de HIV / aids — acrescentou o Presidente do Conselho da amfAR, Kenneth Cole.

Desde a descoberta da doença há quase 30 anos, a amfAR tem estado na frente das pesquisas do HIV e foi a primeira organização a incentivar constantemente os estudos focados na cura. Em 2010, a fundação lançou o Consórcio de Pesquisa sobre a Erradicação do HIV (CPEH), que apoia equipes de cientistas nas principais instituições de pesquisa ao redor do mundo, em um esforço direcionado para explorar potenciais estratégias para eliminar a infecção pelo HIV.

“Countdown to a Cure for HIV/AIDS” é projetada para engrenar a intensidade desses esforços e dar concentração absoluta à pesquisa da amfAR nos próximos anos. A amfAR também pretende formar um conselho de cura, um grupo de voluntários que inclui alguns dos principais pesquisadores do mundo para garantir que os investimentos serão feitos nas áreas mais promissoras.

Notícias Relacionadas

Esperança 15/03/2013 | 12h43

Casos de cura "quase completa" abrem caminho para avanços contra aids

Estudo francês dá novas pistas de que a intervenção precoce poderia levar a uma cura funcional da doença

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.