Versão mobile

De pai para filho

Adultos influenciam na forma como as crianças se alimentam, sugere estudo

Nas refeições, porções devem ser adequadas às necessidades dos pequenos

21/03/2014 | 18h01
Adultos influenciam na forma como as crianças se alimentam, sugere estudo Ricardo Wolffenbüttel/Agencia RBS
Hábitos alimentares e comportamentos da família são de extrema importância Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Agencia RBS

Ajudar as crianças a se alimentar adequadamente pode ser um desafio. Algumas comem, sem maiores problemas, o que lhes é oferecido, enquanto outras acabam não ingerindo quase nada. Um novo estudo realizado na University of Colorado School of Medicine mostra que os pais influenciam, muito mais do que eles imaginam, na forma como seus filhos se alimentam.

Na pesquisa, cientistas observaram, todos os dias, as refeições nas casas de 145 pais e seus filhos em idade pré-escolar na cidade de Houston, EUA. Eles investigaram as relações entre o quanto os pais se serviam na hora das refeições, a quantidade de alimentos que serviam para os seus filhos e quanto as crianças comiam na hora do jantar. Os resultados revelaram que os pais ofereciam às crianças porções muito semelhantes as que eles próprios ingeriam. Para algumas crianças, isso resultou no consumo de porções indicadas a um adulto.

— A boa notícia é que os pais influenciam seus filhos muito mais do que eles imaginam. O desafio continua a ser como incentivar as crianças a desenvolver uma dieta saudável e comer quantidades que as ajudem a crescer de forma adequada. Claramente, hábitos e comportamentos da família são incrivelmente importantes nesse contexto— disse a professora de pediatria e pesquisadora Susan Johnson.

Susan sugere prestar atenção às porções oferecidas às crianças para garantir que os pais sirvam quantidades adequadas à escala infantil de alimentos saudáveis. Fazer com que os filhos comam de acordo com as suas noções de fome e saciedade, ao invés de os pais decidirem o quanto é suficiente, também é um passo importante para a promoção da alimentação saudável e do crescimento.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.