Pesquisas médicas

Antibiótico em pó reduz tempo de tratamento da fibrose cística

Novo medicamento encurta o tempo em 72% em relação à terapia atual

30/07/2014 | 11h56

Uma das principais dificuldades dos pacientes com fibrose cística é a alta carga diária de tratamento, que inclui, entre outros procedimentos, nebulização, terapia de desobstrução das vias aéreas e fisioterapia.

Cerca de duas horas a cada dia são dedicadas especificamente para o tratamento de infecções pulmonares. Para proporcionar praticidade e rapidez ao tratamento desses pacientes, foi lançado no Brasil o primeiro antibiótico em pó com nova abordagem terapêutica.

Indicado para o tratamento da infecção pulmonar pela bactéria Pseudomonas aeruginosa (Pa), o Zoteon Pó (tobramicina inalatória em pó) encurta o tempo de tratamento em 72% em relação ao antibiótico nebulizado. O tempo de inalação reduz para 5 a 6 minutos, em relação aos 20 minutos usuais, economizando 13 horas de tratamento por ciclo de tratamento (28 dias).

A nova terapia não necessita de refrigeração ou eletricidade para ser utilizada. Indicado para pacientes a partir de seis anos de idade, já foi aprovado em mais de 38 países, incluindo a União Europeia e Estados Unidos.

Saiba mais sobre a fibrose cística

Conhecida pelo nome de beijo salgado, a fibrose cística (FC) é uma doença genética que afeta principalmente os pulmões e o sistema digestivo, tornando difíceis a respiração e a digestão. Uma das principais causas de perda da função pulmonar em pessoas com a doença é a infecção pulmonar pela bactéria Pseudomonas aeruginosa (Pa).

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.