Saúde

Anvisa registra teste que detecta zika, chikungunya e dengue de forma combinada 

Produtos utilizam metodologia de imunofluorescência para a detecção de anticorpos relacionados aos vírus

03/02/2016 - 11h40min | Atualizada em 03/02/2016 - 11h47min
Anvisa registra teste que detecta zika, chikungunya e dengue de forma combinada  não se aplica/Divulgação
Foto: não se aplica / Divulgação

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concluiu a análise técnica de três produtos comerciais para diagnóstico in vitro do zika vírus. A partir de agora, com o registro da Anvisa, esses testes poderão ser comercializados. 

Dois desses produtos utilizam metodologia de imunofluorescência para a detecção de anticorpos relacionados aos vírus zika, chikungunya e da dengue em um único procedimento de teste de forma combinada. Já um terceiro produto utiliza a metodologia de reação em cadeia da polimerase para determinar a presença do zika na amostra biológica em estudo. 

Leia mais:
Novo teste pode aumentar diagnósticos de microcefalia ligada ao zika
Texas informa caso sexualmente transmissível de zika
Organização Mundial da Saúde cria unidade especial contra o zika

 Ainda segundo a agência, foram concluídas também as análises de outros dois produtos para determinar a presença dos vírus da febre chikungunya e da dengue pela mesma metodologia de reação em cadeia da polimerase. As medidas foram publicadas nesta quarta-feira no Diário Oficial da União.

Leia mais notícias sobre Vida

*Agência Brasil

ntentFrom:cms -->
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.