Alimentação

Pimenta e gengibre juntos podem reduzir o risco de câncer, diz estudo 

Pesquisa feita em ratos apontou que alimentos diminuíram as chances de desenvolver câncer de pulmão 

09/09/2016 - 14h05min | Atualizada em 09/09/2016 - 14h05min
Pimenta e gengibre juntos podem reduzir o risco de câncer, diz estudo  Divulgação/Divulgação
Foto: Divulgação / Divulgação

Bastante utilizados na culinária asiática, a pimenta e o gengibre trazem muito mais vantagens do que o sabor picante aos pratos. Um estudo publicado na revista científica Journal of Agricultural and Food Chemistry, uma publicação da American Chemical Society, mostrou que, quando utilizados juntos, eles podem reduzir o risco de desenvolver câncer.

Alguns estudos sugerem que dietas ricas em capsaicina, substância presente nas pimentas, especialmente a chili, favoreçam o desenvolvimento de câncer no estômago. No entanto, o estudo feito em ratos mostrou que, quando associado ao 6-gingerol, componente do gengibre, os riscos de ter um tumor eram reduzidos.

Leia mais:
Gengibre tem diversas propriedades funcionais e pode ser usado de muitas formas na cozinha
Pimenta pode ser benéfica para a saúde. Saiba como consumi-la

Durante a pesquisa, o grupo de ratos que recebeu somente capsaicina desenvolveu tumores pulmonares. Daqueles que receberam só 6-gingerol, metade teve câncer. Do total, apenas 20% dos que receberam os dois compostos desenvolveram a doença.

 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.