Xô, preguiça 

Dicas para incentivar as crianças a praticarem atividades físicas  

Apoio dos pais e da escola é fundamental nesse processo 

12/10/2016 - 09h09min | Atualizada em 12/10/2016 - 09h09min
Dicas para incentivar as crianças a praticarem atividades físicas   Tárlis Schneider/Agencia RBS
Foto: Tárlis Schneider / Agencia RBS

Inatividade, excesso de peso e doenças como ansiedade, depressão, diabetes e hipertensão são problemas que parecem de adulto, mas têm atingido também as crianças. Dados de um estudo recente do grupo de pesquisa Projeto Esporte Brasil (Proesp-Br), da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), revelam que 10% das crianças brasileiras estão obesas e 20% delas têm sobrepeso. Para combater essa situação e evitar que os pequenos tenham ainda mais problemas no futuro, o incentivo da prática esportiva é fundamental.

Enquanto a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda 150 minutos semanais de exercícios moderados para adultos, o tempo dedicado a estas práticas deve ser ainda maior para as crianças. De acordo com a professora da UFRGS Anelise Reis Gaya, doutora em Atividade Física e Saúde, a orientação para os pequenos é de uma hora por dia de atividade de moderada a intensa, seguida de 10 horas de sono de qualidade.

Leia mais:
Dicas para fazer seus filhos comerem bem

Mas, na prática, nem sempre isso acontece.

— Aproximadamente 60% das crianças ficam mais de quatro horas em frente à TV, enquanto a OMS preconiza que deveriam ser no máximo duas — diz a professora.

Anelise sugere que o estímulo parta de dentro de casa, com pequenas medidas como ir a pé para a escola quando possível, caminhar com os animais de estimação, andar de skate e slackline ou pedalar em um parque.

— Pais e mães ativos e mais saudáveis são exemplo para os filhos, mas isso não basta. Os adultos precisam perceber a importância da atividade física para os filhos — defende a especialista, que afirma que a partir dos três meses os bebês já podem iniciar atividades como natação.

Outro ambiente de extrema importância para criar a cultura do exercício é a escola. Nela, as aulas de Educação Física têm como objetivo não somente movimentar o corpo, mas apresentar para as crianças a diversas modalidades.

— O papel dessa aula é mostrar o maior repertório de esportes, lutas e danças para as crianças, fazendo com que elas vivenciem algumas, aprendam outras e levem isso para casa — explica Anelise.

Medidas como essas, além de afastar o sedentarismo e o risco de doenças, ainda auxiliam os pequenos no desempenho escolar.

Dicas

— Leve as crianças para andarem de bicicleta
— Resgate brincadeiras da sua época
— Leve as crianças junto na hora de passear com os pets
— Brinque de peteca, taco e amarelinha na rua

 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.