Atualização da caderneta 

Campanha de multivacinação imuniza crianças e adolescentes em todo o país

Segundo o Ministério da Saúde, 53% do público-alvo não está com a vacinação em dia 

Por: Agência Brasil
16/09/2017 - 16h57min | Atualizada em 16/09/2017 - 16h57min
Campanha de multivacinação imuniza crianças e adolescentes em todo o país Rafaela Martins/Agencia RBS
Foto: Rafaela Martins / Agencia RBS  

No Dia D da Campanha Nacional de Multivacinação, cerca de 36 mil postos de saúde abriram neste sábado (16) para atender crianças e adolescentes menores de 15 anos convocados para atualizar a caderneta de vacinas. Segundo o Ministério da Saúde, 53% desse público não estão com a vacinação em dia. Mesmo após o dia D, a campanha de multivacinação continua.

A mobilização nacional, segundo o ministério, reuniu cerca de 350 mil profissionais de saúde com o apoio de 42 mil veículos. Além do envio de 143,9 milhões de doses para a vacinação de rotina, a pasta também distribuiu aos postos de saúde 14,8 milhões de doses extras de 15 vacinas. A campanha deste ano traz o slogan "Todo mundo unido, fica mais protegido".

Leia mais
Brasil é um dos países com maior cobertura de vacinação, mostra relatório
Como idosos podem fazer a vacina contra pneumonia de graça 

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, participou da campanha em Londrina, no Paraná, onde esteve pela manhã no Centro de Saúde Municipal Dr. José Guidugli. 

– A melhor maneira de prevenir doenças é se vacinar, então vamos aproveitar este momento na campanha pata atualizar as cadernetas. Fora isso, todo dia é dia de vacina. E em breve vamos organizar um dia de vacina nas escolas – disse.

 Rio de Janeiro

No Rio, um dos locais com grande procura pelas vacinas foi a Fundação Oswaldo Cruz, em Manguinhos, na zona norte da cidade. Foram oferecidas vacinas para crianças, adolescentes e adultos.

O público também pôde participar de uma série de atrações, como o Marcos Frota Circo, o Coral Flor do Mangue, a Mangueira do Amanhã e os cães adestrados da Guarda Municipal.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, participou do evento e ressaltou a importância de se colocar a carteira de vacinação em dia. 

– O dia de hoje é muito importante, sobretudo para quem, por estar viajando ou até mesmo enfermo, não teve condições de tomar uma das vacinas. É um momento em que todos podemos colocar nossa vacinação em dia. Isto é fundamental – disse.

A presidente da Fiocruz, Nisia Trindade Lima, ressaltou a necessidade do país manter a cobertura vacinal, a fim de evitar que doenças já erradicadas voltem. 

– O Brasil, que conseguiu uma boa cobertura vacinal, tem que manter. A Fiocruz participa desta campanha do Ministério da Saúde, com objetivo de proteger, através da vacinação, pessoas de todas as faixas etárias – disse Nísia.

Dados do Programa Nacional de Imunizações (PNI), citados em nota distribuída pela Fiocruz, apontam que 760 mil crianças ainda não foram vacinadas com BCG, 950 mil com a hepatite B, 470 mil crianças ainda não foram vacinadas com pneumocócica e rotavírus.

– Ainda para esse grupo, 240 mil crianças não foram imunizadas com a vacina de meningite C. Já a pentavalente e a poliomielite também apresentam um grande número de crianças sem vacinação - são 320 mil crianças não vacinadas no primeiro caso e 790 crianças não vacinadas no outro – informou a fundação.


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.