Minas Gerais

"Não machuquei ninguém", diz Victor Chaves após ser indiciado por agressão contra a mulher

Polícia Civil levou em consideração o depoimento de Poliana Bagatini e as imagens das câmeras de segurança

04/04/2017 - 19h19min | Atualizada em 04/04/2017 - 20h49min
"Não machuquei ninguém", diz Victor Chaves após ser indiciado por agressão contra a mulher Reprodução / Instagram/Instagram
Foto: Reprodução / Instagram / Instagram  

Após ser indiciado por agressão contra a sua mulher, Victor Chaves publicou um vídeo dando a sua versão dos fatos.

"Venho a público para esclarecer uma coisa que diante da qual surgiram e surgem incontáveis boatos. Eu fui indiciado legalmente por vias de fato, contravenção, ou seja, não machuquei ninguém. O que pratiquei foi um ato de desespero para conter uma pessoa que estava totalmente fora de si para pegar uma criança de um ano. E, pela minha filha, o que eu fiz eu faria de novo, então tudo está sendo apurado devidamente", disse em um vídeo postado em seu perfil no Instagram.

Leia mais:
Após acusação de assédio, José Mayer admite machismo e pede desculpas
Campanha contra assédio mobiliza atrizes e apresentadoras globais

A Polícia Civil de Minas Gerais indiciou o cantor Victor Chaves, da dupla sertaneja Victor & Leo, por agressão contra a mulher, Poliana Bagatini Chaves. A conclusão do inquérito foi divulgada na terça-feira. O resultado levou em consideração o depoimento de Poliana e as imagens das câmeras do prédio onde mora o casal.

"A Polícia Civil, diante das provas coletadas, concluiu pelo indiciamento de Vitor Chaves pela contravenção penal prevista no artigo 21, do Decreto Lei 3.688, vias de fato, conforme demonstrado no laudo pericial das imagens das câmeras de segurança do prédio e pelo depoimento da vítima", diz a nota oficial da Polícia Civil.

O caso é investigado pela Divisão Especializada no Atendimento à Mulher, ao Idoso e à Pessoa com Deficiência (Demid) de Belo Horizonte, setor chefiado pela delegada Danúbia Quadros. No dia 13 de março, a delegada havia divulgado o laudo do exame feito em Poliana apenas um dia após ela ter registrado queixa contra o marido. O resultado, porém, deu negativo: não havia marcas da agressão física no corpo da vítima.

Apesar da ausência de marcas, a possibilidade de agressão não foi descartada. A delegada Danúbia ainda aguardava o laudo das imagens das câmeras de segurança do prédio para chegar a uma conclusão.

Com a repercussão do caso, Victor foi afastado do programa The Voice Kids, do qual era jurado ao lado do irmão, Leo. Em entrevista ao programa Fantástico, ele negou a acusação de Poliana, feita quando a mulher estava grávida de dois meses. O caso ganhou novos contornos quando Poliana desmentiu a própria versão, dizendo, nas redes sociais, que o marido nunca a machucaria.

De acordo com o G1, a Polícia Civil não quis comentar o conteúdo das imagens das câmeras de segurança, mas a delegada Danúbia destacou que parte da briga do casal ocorreu no elevador do prédio e no hall do apartamento. No boletim de ocorrência, Poliana disse que havia sido jogada no chão e recebido chutes do marido.

"A Polícia Civil, após apuração, descobriu que parte dos fatos ocorreu no elevador do prédio e havia uma câmera nesse elevador e no hall do apartamento. Segundo a versão da vítima, ele (cantor) empurrou a mesma ao chão e desferiu alguns chutes no elevador", informou a delegada.




 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.