Largada é contra o Flu

Grêmio abre corrida rumo ao hexa da Copa do Brasil. Só o Cruzeiro ameaça o título inédito

Direção garante que começa a competição usando a mesma receita de 2016

Por: Luís Henrique Benfica
16/05/2017 - 18h21min | Atualizada em 16/05/2017 - 18h34min
Grêmio abre corrida rumo ao hexa da Copa do Brasil. Só o Cruzeiro ameaça o título inédito José Alberto Andrade/Gaúcha
No domingo (14), clube inaugurou painel em homenagem ao penta, obtido em dezembro de 2016 Foto: José Alberto Andrade / Gaúcha  

Rei de Copas, como passou a se autodenominar, o Grêmio pode ampliar em 2017 sua distância em relação aos demais clubes brasileiros quando o tema são títulos de Copa do Brasil.

Dos 16 envolvidos nas oitavas de final deste ano, somente o Cruzeiro tem condições de chegar ao penta, marca alcançada pela equipe gaúcha em 2016, em decisão contra o Atlético-MG.

Tetracampeão, o clube mineiro obteve suas primeiras conquistas em 1993, em decisão contra o próprio Grêmio, e 1996. Depois, voltaria a erguer a taça em 2000 e 2003, o ano da tríplice coroa - na mesma temporada, ganhou também o mineiro e o Brasileirão.

Com formação reserva, o Cruzeiro venceu a Chapecoense por 1 a 0 no jogo de ida, no Mineirão, dia 3. Com isso, só precisa empatar na volta, em 1º de junho, na Arena Condá para chegar às quartas.

— O hexa é uma conquista que vale muito. Nos orgulharia demais. Mas, primeiro, é preciso passar o Fluminense. Será um jogo encardido. É um time muito rápido — diz o presidente Romildo Bolzan Júnior.

Leia mais:



Para o diretor de futebol Saul Berdichevski, a manutenção do grupo que conquistou o penta, com algumas aquisições, coloca o Grêmio em um bom caminho para sagrar-se hexa.

Ele destaca que  a imagem de Renato Portaluppi ficaria ainda muito mais marcada junto aos torcedores.

— Do ponto de vista de marketing, seria extraordinário, pela valorização da marca Grêmio — avalia Saul.

Bolzan garante que a fórmula vencedora de 2016 de novo é colocada em prática.

— A receita é a mesma. Cuidamos de todos os detalhes, do ambiente interno e externo. O importante é pensar fase a fase — afirma.

Corinthians, Flamengo e Palmeiras, cada um com três conquistas, têm ainda um longo caminho a percorrer até atingir o status do Grêmio em Copas do Brasil. 

Os vencedores em 28 anos de disputas da Copa do Brasil
Grêmio - 5 títulos - 1989, 1994, 1997, 2001 e 2016
Cruzeiro - 4 títulos - 1993, 1996, 2000 e 2003
Corinthians - 3 títulos - 1995, 2002 e 2009
Flamengo - 3 títulos - 1990, 2006 e 2013
Palmeiras - 3 títulos - 1998, 2012 e 2015
Inter, Juventude, Criciúma, Vasco, Atlético-MG, Santos, Fluminense, Sport, Paulista-SP e Santo André-SP - 1 título

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.