Vacinado

Grêmio usa Tolima e Palestino como exemplos contra o Godoy Cruz: "Barbada se faz dentro de campo"

Saul Berdichevski cita derrotas recentes de Corinthians e Flamengo na Libertadores para alertar o elenco sobre dificuldade do jogo pelas oitavas

Por: Rodrigo Oliveira
15/06/2017 - 12h12min | Atualizada em 15/06/2017 - 12h12min
Grêmio usa Tolima e Palestino como exemplos contra o Godoy Cruz: "Barbada se faz dentro de campo" Rodrigo Oliveira/
Foto: Rodrigo Oliveira  

O Grêmio está preocupado em evitar qualquer tipo de "salto alto" nos confrontos com o Godoy Cruz, pelas oitavas de final da Copa Libertadores. Além dos elogios ao adversário, a direção lembra alguns exemplos de fracassos recentes de Flamengo e Corinthians contra times considerados pequenos para evitar uma eventual empolgação com o favoritismo gremista.

O diretor de futebol Saul Berdichevski, que chefia a delegação no Rio de Janeiro, citou a eliminação do Flamengo para o modesto Palestino, nas oitavas da Copa Sul-Americana de 2016, e a traumática derrota do Corinthians para o Tolima, na pré-Libertadores de 2011, revés que, por pouco, não custou a eliminação do então técnico Tite.

Leia mais
Sem opção, Abel deve avançar Henrique e formar novo time contra o Grêmio 
O principal nome do Godoy Cruz é o seu técnico de ideias revolucionárias
Quem foi Godoy Cruz, que dá o nome ao adversário do Grêmio na Libertadores


— Nós não estamos eufóricos por que é o Godoy Cruz (o adversário). Temos alguns exemplos interessantes, como Palestino contra o Flamengo e o Tolima contra o Corinthians. Eram barbada e não foram barbada. Barbada mesmo se faz é dentro de campo, jogando com a força e a garra que o Grêmio joga — disse.

O jogo de ida contra o Godoy Cruz será no início de julho, em Mendoza, em alguma data a ser confirmada entre os dias 4 e 6. Chama atenção da direção gremista também o trabalho do técnico adversário, o argentino Lucas Bernardi, 39 anos.

— É um adversário argentino, que já tem alguma experiência em Libertadores, já disputou em 2011 e 2012. E tem um técnico com experiência não só como jogador, mas também como treinador — finaliza Saul.

No início da tarde, o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior se junta à Saul na concentração gremista na praia do Leme. O time enfrenta o Fluminense nesta quinta (15), às 21h, no Maracanã, pelo Brasileirão buscando encostar no líder Corinthians.

ZHESPORTES

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.