Boa atuação

"Vai ser uma tortura até o final, mas estamos começando a ganhar corpo" diz Fernando Carvalho

Dirigente apareceu enrolado em uma bandeira do Inter após vitória de virada sobre o Flamengo

Por: ZH Esportes
16/10/2016 - 20h08min | Atualizada em 16/10/2016 - 22h42min

O vice de futebol do Inter, Fernando Carvalho, não poupou elogios ao time e ao técnico Celso Roth pela vitória de virada sobre o Flamengo, neste domingo, no Beira-Rio.

_ Hoje fomos bem, pressionamos, criamos oportunidades, marcamos, que é o que mais me agrada, pois tem de marcar para depois jogar. Estou muito feliz e satisfeito. Quero agradecer à torcida, que veio nos apoiar. Vamos seguir trabalhando. Ainda não conseguimos nada. Vai ser uma tortura até o final, mas agora estamos começando a ganhar corpo. Com isso, aqui na nossa casa, não vão nos vencer.

Leia mais:
Cotação ZH: Vitinho é o melhor do Inter na vitória sobre o Flamengo
Luiz Zini Pires: Vitinho encarna o desejo de milhões de colorados

Carvalho também agradeceu o apoio da torcida _ mais de 35 mil foram ao Beira-Rio apoiar a equipe:

_ O torcedor foi maravilhoso, fundamental. Este foi o primeiro jogo que nós conseguimos uma virada. Isso é resultado do torcedor e da garra dos jogadores. O Inter, por sua história e grupo, pode vencer qualquer adversário. Não vínhamos jogando bem. Tomara que, agora, este seja o início de uma trajetória que dê sequência de atuações semelhantes.

O vice de futebol também disse esperar que a equipe possa consolidar nos próximos jogos a recuperação no Brasileirão:

_ O Celso armou o time muito bem. Sofremos o gol quando estávamos melhor, e depois, veio a virada. Vitinho, Dourado e Anselmo jogaram muito. Todos foram bem, não quero elogiar ninguém em separado. 

Questionado sobre a meta para escapar do rebaixamento, Carvalho ressaltou que o Inter precisa conquistar pelo menos 45 pontos para ficar tranquilo:

_ O jogo contra o Flamengo foi um modelo de garra, determinação e entrega, mas eu quero mais. Temos de melhorar em relação à qualidade. Precisamos fazer, no mínimo, 45 pontos, o que significa mais três vitórias. Temos de consolidar a nossa permanência na primeira divisão.

Sobre o Gre-Nal, apesar de ter tido que só falaria a partir de quinta-feira, após o jogo contra o Santos, pela Copa do Brasil, Carvalho confirmou força máxima para o jogo na Arena:

_ Sobre o jogo contra o Santos, vamos ver quem estará em condições para jogar. Mas teremos força total para o Gre-Nal. Todos os rivais são temidos. Teremos pela frente um clássico na casa do adversário e temos de respeitar para conseguir vencer.

Acompanhe o Inter através do Colorado ZH. Baixe o aplicativo:

IOS

Android

*ZHESPORTES


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.