Resultado

Inter valoriza treinos fechados após gols de bola aérea

Os três gols na vitória sobre o Londrina foram de cabeça

Por: ZH Esportes
13/08/2017 - 06h00min | Atualizada em 13/08/2017 - 06h00min
Inter valoriza treinos fechados após gols de bola aérea André ¿?vila / Agência RBS/Agência RBS
Klaus marcou duas vezes na vitória do Inter sobre o Londrina Foto: André ¿?vila / Agência RBS / Agência RBS  

A bola aérea foi decisiva para o Inter na vitória por 3 a 1 sobre o Londrina neste sábado (12), no Beira-Rio, pela 20ª rodada da Série B — os três gols foram marcados de cabeça. Apesar de todos os lances terem surgido de cruzamentos, os jogadores colorados reforçaram que não é apenas sorte: os treinos fechados e o trabalho de repetição foram fundamentais para aprimorar as jogadas. E os méritos foram divididos com o auxiliar André Luís, que tem sido responsável por comandar as atividades deste quesito.

— Este movimento é treinado, por isso usamos os treinos fechados. São armas que podemos usar daqui para frente, então é fechado. A conversa é justamente esta com o Cuesta, a gente conversa para mudar. Mesmo com uma língua diferente, a gente conversa e acaba acertando — comentou o zagueiro Klaus. — Nos dias que o treino é fechado, André pega a parte defensiva e treina muito as bolas aéreas — acrescentou o defensor, autor de dois gols na vitória sobre o time paranaense.

Leia mais:

Torcedor fica sabendo que sua mulher está grávida pelo telão do Beira-Rio
Vice cita importância da regularidade para o Inter: "Campeonato de resistência"
Guto Ferreira valoriza apoio da torcida: "Jogamos com 36 mil"

O meia Camilo entrou no lugar de D'Alessandro, no segundo tempo, e deu duas assistências. O jogador também salientou a sequência de treinos.

— Nas últimas duas semanas, contra Goiás e Guarani, eu treinei bastante essa bola. O D'Alessandro também fez um excelente trabalho, é uma arma que vamos ganhando dentro da competição, e o grupo vai se fortalecendo. Ganho confiança, números legal ter estas duas assistências. Fruto de trabalho, vou continuar para ajudar o grupo — analisou.

O Inter já fez oito gols de cabeça na Série B: três de Klaus (um contra o Criciúma, dois contra o Londrina), dois de Cuesta (contra Figueirense e Londrina), além de Carlos (contra o Náutico), Sasha (contra o Oeste) e William Pottker (contra o Goiás).

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.