Liga dos Campeões

Sem dificuldades, Bayern de Munique vence PSV

Alemães aplicaram 4 a 1 na Allianz Arena e são segundos colocados do Grupo D

Por: Lancepress
19/10/2016 - 19h03min | Atualizada em 19/10/2016 - 20h31min
Sem dificuldades, Bayern de Munique vence PSV CHRISTOF STACHE/AFP
Foto: CHRISTOF STACHE / AFP

Depois de três empates consecutivos, o Bayern de Munique, enfim, voltou a vencer. Nesta quarta-feira, a equipe alemã bateu sem dificuldades o PSV por 4 a 1, na Allianz Arena, em jogo válido pela terceira rodada do Grupo D. Müller, Kimmich, Lewandowski e Robben marcaram para os bávaros, com Narsingh descontando.

Com o resultado, os alemães chegam a seis pontos em três partidas, em segundo lugar na chave. A primeira colocação é do Atlético de Madrid, que venceu o Rostov, fora de casa, por 1 a 0. PSV e os russos seguem com um.

Leia mais:
Messi marca três vezes, e Barcelona goleia o Manchester City
Na França, Juventus supera o Lyon por 1 a 0
Real Madrid vence e divide a liderança do grupo com o Borussia Dortmund

O Bayern de Munique dominou praticamente todo o primeiro tempo. Com marcação sob pressão e com os meias bem avançados, os alemães encurralaram o PSV em seu campo, não dando espaço para os holandeses saírem para o ataque.

Com a posse de bola e o avanço pelos lados, principalmente com Alaba e Robben, o primeiro gol do Bayern era questão de tempo. Aos 12 minutos, Lewandowski testou Zoet, que mandou para escanteio. Esperto, Robben bateu rápido para Müller dentro da pequena área. O atacante do time bávaro teve que finalizar duas vezes até abrir o marcador.

Com a vantagem, o que se viu foi uma blitz do Bayern. O PSV não conseguia ter a bola nos pés e facilitava a ação dos homens de ataque da equipe alemã. Em contra-ataque pela esquerda, Müller rolou para Alaba como um ponta. O lateral austríaco cruzou, a bola desviou no zagueiro e sobrou para Kimmich só escorar de cabeça e fazer o segundo.

Parecia que o Bayern resolveria o jogo ainda no primeiro tempo. Mas o domínio absoluto foi diminuindo. Nos últimos minutos, o que se viu foi um PSV mais perigoso. Pereiro teve um gol anulado por estar em posição irregular. Logo depois, os holandeses encaixaram um excelente contra-ataque, Narsingh recebeu livre e chutou forte da entrada da área. Neuer ainda tocou nela, que foi na trave e entrou. 

O Bayern voltou do intervalo na mesma toada. Pressionando e com a posse de bola. E não demorou a sair o terceiro gol. Após chutão de Neuer, Lewandowski escorou e a bola sobrou para Robben. O holandês avançou, cortou e chutou para grande defesa do goleiro. Mas o atacante polonês, em posição legal, escorou para fazer.

Com o passar do tempo, o Bayern colecionava chances perdidas. Lewandowski teve a mais clara, mas chutou em cima do goleiro. Robben, em velocidade, também assustou.  Carlo Ancelotti colocou Douglas Costa no lugar de Müller e abriu o brasileiro pela esquerda, para fazer dupla com Alaba. Mas foi pelo meio que chegou ao quarto gol. Em lançamento lindo de Thiago Alcântara, Robben chegou livre e tocou de cabeça por cima de Zoet.

*LANCEPRESS


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.