Altos e baixos

Os fatores que travam a arrancada da dupla Gre-Nal no Gauchão

Enquanto Grêmio está em terceiro, Inter patina em sétimo lugar na tabela

20/03/2017 - 20h00min | Atualizada em 20/03/2017 - 22h07min
Os fatores que travam a arrancada da dupla Gre-Nal no Gauchão Montagem sobre fotos / André ¿?vila/ Agência RBS e Félix Zucco/Agência RBS/André ¿?vila/ Agência RBS e Félix Zucco/Agência RBS
Zago e Renato têm dificuldades para montar suas equipes no Gauchão Foto: Montagem sobre fotos / André ¿?vila/ Agência RBS e Félix Zucco/Agência RBS / André ¿?vila/ Agência RBS e Félix Zucco/Agência RBS  

Que a reconstrução do Inter não seria fácil, o final da temporada 2016 já apontava. Mas passar trabalho no Gauchão não estava nos planos. O novo time de Antônio Carlos Zago demonstra dificuldade para se classificar entre os quatro melhores, o que levaria ao Beira-Rio a vantagem do jogo de volta no mata-mata. Os oito pontos de distância para o líder Novo Hamburgo demonstram o quão atrasada a equipe está.

O Grêmio soma três pontos a mais do que os colorados. Mas não chega a fazer uma campanha encantadora. Em terceiro lugar na tabela, sofre com os desfalques por lesões: foi assim que se desfez a espinha dorsal formada por Grohe, Edílson, Geromel, Maicon e Douglas.

Leia mais
Maicon pode voltar ao time do Grêmio contra o Juventude
CAS marca audiência do Caso Victor Ramos para 4 de abril
Pedro Ernesto: "Barrios vai precisar jogar mais"


Vieram reforços como Lucas Barrios e Gata Fernández, mas Renato ainda não conseguiu acomodá-los. Assim, deixa escapar pontos dentro da Arena contra adversários como o Veranópolis. 

Segundo o técnico do VEC, Tiago Nunes, a maior capacitação das equipes do Interior é um fator importante para explicar as dificuldades da Dupla. Também cita e a instabilidade que as equipes da Capital vivem, já que Zago e Renato enfrentam problemas para fixar um modelo de jogo e repetir escalações.

— Antes, se acreditava que só a individualidade dos jogadores da Dupla resolvia. Ontem (domingo), a gente deu uma amostra de que, com organização, é possível superar times de maior qualidade técnica — avalia Nunes.

Para Beto Campos, técnico do líder Novo Hamburgo, as demais equipes cresceram e acabaram surpreendendo gremistas e colorados.

— Os times do Interior estão mais fortes e está aparecendo muito o trabalho das comissões técnicas. Todos com uma boa leitura de jogo, sabendo o que fazer, mesmo com uma qualidade técnica inferior à da Dupla — avalia Campos.

Vice-líder do campeonato, o técnico do Caxias, Luís Carlos Winck, entende que uma equipe do Interior pode ser campeã. Acredita que nem mesmo o fato de a maioria dos times terem iniciado a preparação em dezembro - enquanto Grêmio e Inter encerravam o Brasileiro - serve de desculpa. Como lateral, Winck foi campeão gaúcho com Inter e com Grêmio. Vivenciou os três lados.

— É claro que o Interior cresceu, mas a Dupla parou um pouco. Observe as folhas (Grêmio, cerca de R$ 7 milhões, Inter R$ 6,5 milhões, Caxias, na casa dos R$ 200 mil mensais): Grêmio e Inter deveriam estar liderando o Gauchão — comenta Winck.

— Os clubes do Interior estão jogando com uma marcação alta, sendo agressivos no ataque e, antes, se acovardavam contra a Dupla. Isso mudou. Acho que, desta vez, ao menos um time do Interior vai à final. Há boas chances de repetir o Caxias de 2000 (último time do Interior a vencer o Gauchão) — acrescenta.

Compare como estão os grandes nos Estaduais neste início de temporada:

- Dupla Gre-Nal

Grêmio: 3ºlugar do Gauchão
Contra clubes de Série A: um empate (Inter) e uma derrota (Flamengo)

Inter: 7º lugar do Gauchão
*Contra clubes de série A: uma vitória (Fluminense) e um empate (Grêmio)
*Classificação antes do jogo da noite, entre São José e Brasil

- Em alta

Corinthians: 1º lugar no Grupo A do Paulistão
Contra clubes de Série A: três vitórias (Vasco, Palmeiras e Santos) e dois empates (São Paulo e Ponte Preta)

Palmeiras: 1º lugar no Grupo C do Paulistão
Contra clubes de Série A: duas vitórias (São Paulo e Santos), dois empates (Chape e Ponte Preta) e uma derrota (Corinthians)

São Paulo: 1º lugar no Grupo B do Paulistão
Contra clubes de Série A: duas vitórias (Ponte Preta e Santos), um empate (Corinthians) e uma derrota (Palmeiras)

Fluminense: 1º lugar no Grupo C da Taça Rio (venceu a Taça Guanabara)
Contra clubes de Série A: uma Vitória (Vasco), um empate (Flamengo) e uma derrota (Inter)

Flamengo: 1º lugar no Grupo B da Taça Rio (perdeu a final da Taça Guanabara)
Contra clubes de Série A: três vitórias (Grêmio, Botafogo e Vasco) e um empate (Fluminense)

Atlético-MG: 1ºlugar do Mineiro
Contra clubes de Série A: um empate (Chapecoense) e uma derrota (Cruzeiro)

Vitória: 1º lugar do Baiano
Contra clubes de Série A: uma vitória (Vasco) e um empate (Vasco)

Ponte Preta: 1º lugar no Grupo D do Paulistão
Contra clubes de Série A: dois empates (Palmeiras e Corinthians) e uma derrota (São Paulo)

- Mais ou menos

Cruzeiro: 2ºlugar do Mineiro
Contra clubes de Série A: duas vitórias (Atlético-MG e Chapecoense)

Chapecoense: 2º lugar do Catarinense
Contra clubes de Série A: dois empates (Palmeiras e Atlético-MG) e duas derrotas (Avaí e Cruzeiro)

Atlético-GO: 2º lugar no Grupo B do Goiano
Contra clubes de Série A: não enfrentou.

Santos: 3º lugar no Grupo D do Paulistão
Contra clubes de Série A: três derrotas (São Paulo, Corinthians e Palmeiras)

Botafogo: 3º lugar no Grupo B da Taça RioContra clubes de Série A: um empate (Vasco) e uma derrota (Flamengo)

Sport: 3º lugar no Hexagonal do Título do Pernambucano
Contra clubes de Série A: não enfrentou.

Bahia: 3º lugar do Baiano
Contra clubes de Série A: não enfrentou.

- Em baixa

Coritiba: 4º lugar do Paranaense
Contra clubes de Série A: uma derrota (Atlético-PR)

Vasco: 4º lugar no Grupo C da Taça Rio
Contra clubes de Série A: dois empates (Vitória e Botafogo) e quatro derrotas (Corinthians, Fluminense, Flamengo e Vitória)

Avaí: 5º lugar do Catarinense
Contra clubes de Série A: uma vitória (Chapecoense)

Atlético-PR: 7º lugar do Paranaense
Contra clubes de Série A: uma vitória (Coritiba)

ZHESPORTES


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.