Surfe

Filipe Toledo vibra com conquista inédita: "Sempre sonhei em ganhar" 

Brasileiro levou a etapa de de J-Bay, na África do Sul

Por: Lancepress
21/07/2017 - 08h27min | Atualizada em 21/07/2017 - 08h28min
Filipe Toledo vibra com conquista inédita: "Sempre sonhei em ganhar"  Kelly Cestari / WSL/WSL
Foto: Kelly Cestari / WSL / WSL  

O retorno de Filipe Toledo ao Circuito da Liga Mundial de Surfe (WSL, em inglês) não poderia ter sido melhor. Após ter ficado de fora da etapa de Fiji por indisciplina no Rio Pro, o natural de Ubatuba colocou o Brasil pela primeira vez no topo de J-Bay, na África do Sul. 

Ainda sem acreditar que conseguiu superar o também empolgado Frederico Moraes, Filipinho cogita manter os cabelos verdes para trazer mais sorte.

Leia mais:
Roger Federer é nomeado um dos 50 atletas mais elegantes da Sports Illustrated 
Jon Jones recria tática de Cormier em pesagem e provoca na redes sociais
Mateus Evangelista dá troco em rival e fatura o ouro nos 100m

— Eu nem posso acreditar nisso. Sempre sonhei em ganhar esse campeonato aqui em J-Bay, surfando ondas perfeitas assim. Eu só tenho que agradecer a Deus pela incrível semana que tivemos aqui. Toda a minha família está aqui me apoiando e tudo isso é inacreditável, não sei nem o que dizer. Acho que vou deixar meu cabelo assim no restante do ano (risos) — afirmou.

De acordo com o jovem que fez o que quis nas águas sul-africanas - incluindo uma sequência de dois aéreos que lhe rendeu um dez - esta competição ficará para sempre em sua memória. 

— Foi uma semana maravilhosa. Este, definitivamente, será o evento que lembrarei por quarenta ou cinquenta anos. Não porque eu ganhei, mas por causa do nível do surfe e das altas ondas que rolaram durante todos os dias. Em J-Bay, com ondas incríveis e esse nível de surfe, foi perfeito. Agradeço toda a minha equipe que me ajudou e a minha filha e esposa, que estiveram aqui a semana toda me apoiando. 

O adversário do brasileiro na decisão, Moraes também entrou para a história de seu país. Ele é o primeiro surfista português a fazer uma final da WSL.

— Eu simplesmente amo esse lugar, é incrível. As ondas são surpreendentes, o clima é parecido com o de casa e a vibração que você sente aqui é uma loucura. Estou muito feliz por ter surfado contra caras como o John John Florence, Mick Fanning, Adriano de Souza, Gabriel Medina e Filipe Toledo. Eles são os melhores, campeões mundiais, então se você quiser vence-los, precisa estar preparado para tudo. Mais feliz ainda por ser o primeiro surfista de Portugal a fazer uma final no World Tour. Então só tenho que agradecer, obrigado a todos que me apoiaram e que torcem por mim — contou o Frederico.

A próxima parada do Circuito Mundial será no Taiti, entre os dias 11 e 22 de agosto.

*LANCEPRESS

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.