Mercado financeiro

Após anúncio de corte na Selic, Bovespa dispara e dólar fecha em queda

Enquanto índice Ibovespa teve alta de 2,41%, moeda americana caiu 0,5% e encerrou o pregão vendida a R$ 3,1756

Por: Zero Hora e Agência Brasil
12/01/2017 - 19h23min | Atualizada em 12/01/2017 - 19h23min
Após anúncio de corte na Selic, Bovespa dispara e dólar fecha em queda MARCOS MORAES/BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: MARCOS MORAES / BRAZIL PHOTO PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO  

Após o anúncio do Comitê de Política Monetária (Copom), na quarta-feira à noite, que cortou a taxa básica de juros (Selic) em 0,75%, o Ibovespa disparou e encerrou o dia com alta de 2,41%, a 63.953 pontos. Na máxima desta quinta-feira, às 10h12min, o índice atingiu 3,04% de variação, ou 64.342 pontos.

O indicador está no nível mais alto desde 8 de novembro. As ações da Petrobras, as mais negociadas, subiram 1,66% (papéis ordinários, com direito a voto em assembleia de acionista). Os papéis preferenciais (com preferência na distribuição de dividendos) fecharam com valorização de 1,53%.

Leia mais
Taxa Selic: o que é e para que serve?
Banco do Brasil anuncia, após Copom, redução de juros em linhas de crédito
Firjan diz que redução da Selic favorece retomada do crescimento

A reação mostra o otimismo dos investidores com a economia brasileira. Ao reduzir a taxa, o Banco Central sugere que deverá manter o ritmo de cortes. Em tese, a queda dos juros básicos estimula a fuga de capitais do país. No entanto, a inflação caiu mais que o previsto em 2016, fechando o ano em 6,29% , no menor nível desde 2013. Dessa forma, o fato de o Brasil continuar com juros reais (taxas nominais menos a inflação) altos continua a estimular a aplicação de capitais estrangeiros no país.

Na contramão, o dólar caiu 0,5% e fechou o pregão vendido a R$ 3,1756. Na mínima do dia, às 11h09min, a moeda americana chegou a R$ 3,1532. Como nos últimos dias, o mercado de câmbio operou sem intervenções do Banco Central. Desde 13 de dezembro, a autoridade monetária não compra nem vende dólares no mercado futuro.

Leia as últimas notícias de Economia

*Zero Hora com informações da Agência Brasil

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.