Aviação civil

Obras começam por ampliação da pista, afirma novo controlador do aeroporto Salgado Filho

Grupo alemão planeja finalizar o trabalho em até 52 meses após assumir o terminal, mas ressalta ser necessário ter parceria com o poder público

Por: Erik Farina - de São Paulo
16/03/2017 - 14h02min | Atualizada em 16/03/2017 - 15h35min
Obras começam por ampliação da pista, afirma novo controlador do aeroporto Salgado Filho Anderson Fetter/Agencia RBS
Atual pista deve ser ampliada em 920 metros, passando para 3,2 mil metros de extensão total Foto: Anderson Fetter / Agencia RBS  

Projeto aguardado no Salgado Filho há duas décadas, a ampliação da pista em 920 metros, chegando a 3,2 quilômetros de extensão total, será a prioridade do novo controlador do aeroporto de Porto Alegre, o grupo alemão Fraport AG Frankfurt, que venceu o leilão realizado na manhã desta quinta-feira na sede da BM&FBovespa, em São Paulo. Com lance de R$ 382 milhões, a empresa ganhou a disputa com a suíça Zurich.

— Porto Alegre tem a necessidade de receber melhorias na estrutura e nos serviços imediatamente. A prioridade é expandir a pista de pouso e decolagem, e sabemos que o grande desafio é ver como resolver a questão das pessoas que vivem nas proximidades do aeroporto e que serão afetadas — afirmou a ZH Aletta von Massenbach, vice-presidente e executiva-sênior de investimentos globais da Fraport.

Leia mais
INFOGRÁFICO: leilão pode destravar obras do aeroporto Salgado Filho
Edital do leilão do Salgado Filho prevê aeroporto "concorrente"
Leilão de aeroportos será dominado por grupos estrangeiros

Um dos entraves à ampliação da pista são as invasões de famílias na área próxima onde deve ser realizada a obra, dentro do chamado perímetro de segurança. A executiva da Fraport deixou claro que a empresa não poderá atuar sozinha na questão da remoção de famílias, já que poderá esbarrar em questões legais:

— Esperamos poder fazer a ampliação dentro do prazo (do edital, de 52 meses após assumir o aeroporto), mas sabemos que dependeremos da ajuda de outros parceiros, como a administração (municipal). Temos de verificar na legislação como essas questões são tratadas no Brasil.

A concorrência com a Zurich pelo Salgado Filho não surpreendeu a executiva, que já previa uma disputa calorosa – foram seis ofertas no pregão viva-voz, após a rodada inicial, o que representou o maior ágio entre os aeroportos ofertados.

— Sabemos o que atraiu o interesse (da Zurich) no Salgado Filho, por que também enxergamos a importância deste aeroporto. Porto Alegre tem potencial de crescimento dentro da área de negócios. Para nós (os aeroportos que iremos assumir) são uma boa combinação, pois Fortaleza tem um perfil mais turístico e Porto Alegre, focado em negócios.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.