Fronteira Oeste

Sobe número de desalojados devido à cheia do Rio Uruguai

Previsão de chuva na região faz Defesa Civil ficar em alerta

27/05/2017 - 12h51min | Atualizada em 27/05/2017 - 17h25min
Sobe número de desalojados devido à cheia do Rio Uruguai Diogo Rubert/Arquivo pessoal
Rio Fiúza em Panambi transbordou, deixando várias casas alagadas Foto: Diogo Rubert / Arquivo pessoal  

Cerca de 55 famílias estão foram de casa na Fronteira Oeste gaúcha devido aos alagamentos registrados na região. A Defesa Civil estadual segue contabilizando os números neste sábado (27). Em São Borja, 23 casas foram desocupadas. O nível do Rio Uruguai está em 10 metros e 23 centímetros, cerca de quatro metros acima do normal. O Bairro do Passo é o mais atingido. As informações são da Rádio Gaúcha.

Leia mais:
BR-116 tem um dos trechos liberados após queda de barreira
Fim de semana deve ser chuvoso no Rio Grande do Sul
Chuvarada desaloja famílias e causou estragos no noroeste do RS na quinta-feira

Em Uruguaiana, 15 famílias foram para casas de amigos e parentes. A Ilha do Marduque é o ponto mais atingido. Em Itaqui, são 20 famílias fora das residências. Como a previsão é de que a chuva permaneça nos próximos dias, a Defesa Civil mantém o alerta. O nível do Rio Uruguai está subindo um centímetro por hora.

Outras cidades registraram casos pontuais de pessoas que tiveram que deixar suas casas, como nos Vales do Taquari e do Caí, no norte e na serra.

Nível do Rio Uruguai está mais de quatro metros acima do nível normal em alguns pontos Foto: Márcio Cobelli / Rádio Charrua/Rede Gaúcha Sat

Emergência

Cinco cidades já decretaram situação de emergência: Campo Novo, Três Passos, Itaqui, Coronel Bicaco e Tiradentes do Sul. De acordo com a Defesa Civil estadual, a cidade de Redentora, no norte do Estado, vai encaminhar o decreto na segunda-feira (29).

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.