Força-tarefa

Preso pela polícia, homem que assaltava ônibus em Porto Alegre usava tornozeleira eletrônica

Indivíduo de 22 anos havia sido detido no início do mês por receptação e adulteração de veículos

16/02/2017 - 08h19min | Atualizada em 16/02/2017 - 09h21min
Preso pela polícia, homem que assaltava ônibus em Porto Alegre usava tornozeleira eletrônica Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS  

Em uma ação da força-tarefa da Polícia Civil que investiga roubos em coletivos de Porto Alegre, foi preso, na manhã desta quinta-feira, no bairro Lomba do Pinheiro, o líder de uma quadrilha responsável por assaltos a ônibus e passageiros em paradas. As informações são do blog Caso de Polícia.

O homem de 22 anos usa uma tornozeleira eletrônica desde o início deste mês, quando foi preso por receptação e adulteração de veículos. O indivíduo tem antecedentes policiais por dois homicídios, tráfico de drogas reiterado, roubo a estabelecimento comercial, roubos a pedestre e a transporte coletivo e porte ilegal de arma de fogo.

Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Leia mais:
Secretário da Segurança e Ministério da Justiça divergem sobre vagas em presídio federal
Crise no Espírito Santo adia reforço de 129 agentes da Força Nacional para Porto Alegre

— É um indivíduo violento, que demonstra frieza e reiteração no cometimento de crimes graves — afirma o delegado Alencar Carraro, um dos responsáveis pela força-tarefa.

A força-tarefa foi criada em março de 2016, lembra o delegado Carlos Wendt, outro responsável pelo trabalho. 

Outros criminosos do grupo foram presos em flagrante pela Brigada Militar (BM) no início de janeiro na Avenida Nilo Peçanha, onde costumavam efetuar os roubos. Um deles tem 29 anos, e outro, 19. Ambos têm antecedentes criminais. Um adolescente também foi apreendido. 

A polícia começou a investigar o grupo em outubro do ano passado, depois de os integrantes do bando serem flagrados em imagens de câmeras de segurança. São atribuídos ao bando ao menos 20 ataques a coletivos, principalmente em áreas nobres da Capital. Outros integrantes do grupo criminoso ainda não foram identificados.

Assaltos a ônibus diminuem em Porto Alegre

Em janeiro de 2016, foram registrados 319 roubos em ônibus e lotações na Capital. Neste ano, no mesmo mês, ocorreram 116 casos — uma redução de  63,63%.

Já na comparação entre os meses de dezembro de 2016 e janeiro de 2017, houve uma redução de 8,67% nos roubos a ônibus e lotações em Porto Alegre. De março a junho de 2016, foram 740 casos, por isso, segundo a polícia, há a necessidade da força-tarefa.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.