Alvos ligados a senadores

PF cumpre mandados da Lava-Jato autorizados pelo STF

Alvos seriam pessoas ligadas aos senadores Renan Calheiros (PMDB-AL), Eunício Oliveira (PMDB-CE) e Valdir Raupp (PMDB-RO)

Por: Zero Hora
21/03/2017 - 07h46min | Atualizada em 21/03/2017 - 16h35min
PF cumpre mandados da Lava-Jato autorizados pelo STF MARLON COSTA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Policiais federais retornam à sede da corporação em Recife com material apreendido durante ação desta terça-feira Foto: MARLON COSTA / FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO  

A Polícia Federal cumpriu, na manhã desta terça-feira, 14 mandados de busca e apreensão, em um desdobramento da Lava-Jato, autorizados pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Chamada de Operação Satélites, a ação ocorre em endereços nas cidades de Brasília, Maceió, Recife, Rio de Janeiro e Salvador. 

Segundo a PF, o objetivo é investigar indícios dos crimes de corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro. Não há políticos investigados nesta etapa da operação, mas pessoas vinculadas a eles. Alguns dos alvos têm relações com senadores, como o presidente da Casa, Eunício Oliveira (PMDB-CE), e Renan Calheiros (PMDB-AL), Valdir Raupp (PMPD-RO) e Humberto Costa (PT-PE)

Pela primeira vez, os mandados se baseaaram em informações de delatores da Odebrecht e foram autorizados pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Lava-Jato no STF, a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). Trata-se da sétima fase da Lava-Jato no âmbito do Supremo, que investiga pessoas citadas na operação com foro privilegiado. 

Leia mais:
O que há contra os quatro citados na nova fase da Lava-Jato
Nova fase da Lava-Jato tem base na segunda lista de Janot
Análise da lista de Janot deve começar nesta terça-feira

Um dos mandados envolve a Confederal, empresa de vigilância e transporte de valores no Distrito Federal, que é ligada ao presidente do Senado. Outro alvo é o empresário Mario Barbosa Beltrão, ligado a Humberto Costa.

O material apreendido será enviado para a PF em Brasília. A investigação ligada à ação deflagrada na manhã desta terça está em segredo de Justiça, por isso, não há mais detalhes.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.