Quarteto em ação

Zaffari, Panvel, Melnick e Hospital Moinhos de Vento adotam Parcão

Além de fazer manutenção, grupo vai se encarregar de melhorias no espaço de Porto Alegre

05/04/2017 - 18h17min | Atualizada em 05/04/2017 - 18h59min
Zaffari, Panvel, Melnick e Hospital Moinhos de Vento adotam Parcão Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Manutenção do parque é orçada em R$ 1,8 milhão por quatro anos Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS  

Um quarteto de peso de empresas gaúchas passa, na sexta-feira, a tomar conta de uma das áreas verdes mais frequentadas de Porto Alegre. Zaffari, Panvel, Melnick Even e Hospital Moinhos de Vento vão adotar o Parque Moinhos de Vento, mais conhecido na cidade como Parcão. 

A união nasceu no ano passado, quando venceu o contrato do Zaffari com a prefeitura de Porto Alegre, e foi lançado edital. Em conversas entre os empresários sobre a renovação, parcerias de negócios inspiraram uma adoção conjunta reforçada.

Leia mais
Melnick investe em praça na zona norte da Capital
Panvel confirma projeção de abertura de 50 lojas em 2017
Projeto do Zaffari causa expectativa em Porto Alegre 

Além de fazer a manutenção, orçada em R$ 1,8 milhão por quatro anos, como nos programas habituais de adoção, o grupo vai se encarregar de melhorias e até de inovações, detalha Juliano Melnick, diretor de produto da construtora:

— São quatro marcas líderes em seus segmentos, que estão juntas para recuperar um parque importante para a cidade.

A incorporadora, que tem outras oito praças adotadas em Porto Alegre, quer repetir a experiência da Praça da Encol. Cláudia Marques de Lima, que coordena o projeto na empresa, comenta que será feita restauração das pedras portuguesas, dos passeios, dos 250 bancos e das 115 lixeiras, além de obras complementares de restauração do saibro que cobre boa parte da superfície de 115 mil metros quadrados do parque. 

Ainda há intenção de revitalizar o moinho de vento, a pista de patinação, as quadras de futebol, tênis e vôlei e implantar um cachorródromo, mas essas iniciativas ainda dependem de aprovação da prefeitura e devem ser submetidas a avaliações de moradores do bairro. 

Leia outras informações da coluna de Marta Sfredo

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.