Porto Alegre

Smic interdita quatro bares da Cidade Baixa no começo da noite desta quarta

Os bares Porto Carioca, Tapas Bar, Van Gogh e Bahamas foram interditados por infringir o horário de funcionamento estabelecido por decreto municipal

Atualizada em 23/07/2014 | 23h2623/07/2014 | 18h38
Smic interdita quatro bares da Cidade Baixa no começo da noite desta quarta Adriana Franciosi/Agencia RBS
Quatro bares na Rua da Repúplica foram os primeiros a serem interditados pela "Operação Sossego" Foto: Adriana Franciosi / Agencia RBS
Agentes da Divisão de Fiscalização da Secretaria Municipal da Produção, Indústria e Comércio (Smic) fecharam quatro estabelecimentos da Cidade Baixa, em Porto Alegre, no começo da noite desta quarta-feira. Os bares Porto Carioca, Tapas Bar, Van Gogh e Bahamas, todos na Rua da República, foram interditados por infringir o horário de funcionamento determinado pelo Decreto Municipal 17.902.

As interdições fazem parte da chamada "Operação Sossego". Outros seis estabelecimentos devem ser fechados nos próximos dias. De acordo com a Smic, os locais foram denunciados por moradores do bairro.

Leia também
Moradores da Cidade Baixa reclamam do cheiro de xixi nas ruas
Turistas estrangeiros movimentam a Cidade Baixa, em Porto Alegre

Desde o começo do ano, a secretaria notificou 29 estabelecimentos funcionando fora do horário permitido, até a 1h de domingo a quinta, e até as 2h nas sextas, sábados e vésperas de feriado, com tolerância de 30 minutos. Destes, dois tiveram as portas fechadas.

De acordo com o titular da Indústria e Comércio, Humberto Goulart, a operação "visa a proteger os dois lados do bairro": o dos moradores e o dos comerciantes.

— Eu vejo como uma ação didática. Ela traz harmonia (para o bairro), porque dá uma explicação para a população — disse.

Leia todas as notícias sobre Porto Alegre

Procurado pela reportagem, o dono do bar Tapas afirmou que prefere não se manifestar. A proprietária do Bahamas, Susana Bastos, considera a interdição injusta.

— Se houvesse uma fiscalização rígida mesmo, todos teriam que ser fechados. Ninguém cumpre o horário. Mas os bares menores é que são massacrados. Nunca ninguém viu fecharem um bar grande aqui — reclamou Susana.

A reportagem tentou ouvir os donos dos bares Porto Carioca e Van Gogh, mas não obteve contato até às 23h25min desta quarta-feira.

VEJA TAMBÉM

     
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.