Segurança

Obras para cercamento eletrônico da Redenção e do Marinha devem começar em até cinco dias úteis

O projeto contempla a implantação de 21 pontos de videomonitoramento

16/08/2016 - 21h26min | Atualizada em 17/08/2016 - 09h12min
Obras para cercamento eletrônico da Redenção e do Marinha devem começar em até cinco dias úteis Félix Zucco/Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

O processo de cercamento eletrônico dos parques Farroupilha e Marinha do Brasil começa nesta quarta-feira com a assinatura de um termo pelo secretário municipal de Segurança (SMSEG), Juarez Fraga, e pelo diretor-presidente da Companhia de Processamento de Dados do Município de Porto Alegre (Procempa), Mario Luis Teza. As obras terão início em até cinco dias úteis.

O projeto contempla a implantação de 21 pontos de videomonitoramento. O objetivo é captar, transmitir e armazenar imagens, utilizando a rede Infovia/Procempa. A Guarda Municipal ficará responsável pelo monitoramento das câmeras tanto na sua central quanto no Centro Integrado de Comando (Ceic).

Leia também
Erro atrasa cercamento eletrônico da Redenção
Quatro razões para cercar o Parque da Redenção e quatro para não cercá-lo

Os serviços de instalação elétrica, de cabeamento e de fibra ótica, além da colocação de postes, serão realizados pela Procempa até que as empresas vencedoras do pregão entreguem os equipamentos licitados, o que poderá ocorrer em até 75 dias, conforme a Central de Licitações (Celic), da Secretaria Municipal da Fazenda. 

Dos nove itens licitados, seis foram homologados, e os três restantes estão em novo processo licitatório em função de especificações técnicas e de preço. O prazo determinado para a implantação do sistema é de, no máximo, quatro meses.

Em maio de 2015, a prefeitura garantiu o financiamento do projeto junto ao Badesul no valor de R$ 1,7 milhão. A contrapartida do município será de R$ 170 mil.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.