Problemas

Emergências hospitalares seguem com atendimento restrito em Porto Alegre

Pelo menos seis casas de saúde da Capital estão com número de pacientes acima da capacidade

17/07/2017 - 17h11min | Atualizada em 17/07/2017 - 17h12min
Emergências hospitalares seguem com atendimento restrito em Porto Alegre Diego Vara/Agencia RBS
Foto: Diego Vara / Agencia RBS  

Pelo menos seis hospitais de Porto Alegre seguem com as emergências lotadas e com atendimento restrito nesta segunda-feira (17). Todos atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O problema se repete há algumas semanas e, com as baixas temperaturas, vem se agravando.

Os hospitais Conceição, Clínicas, São Lucas e Santa Clara operam acima da capacidade. O mesmo ocorre na emergência do Hospital Restinga e Extremo-Sul (HRES), que está com restrições no atendimento adulto e pediátrico devido à elevada demanda.

Leia mais:
Polícia acredita que frio causou morte de homem na Avenida Goethe
Nove hospitais têm emergências com atendimento restrito na Região Metropolitana de Porto Alegre

No Conceição, por exemplo, são 87 pacientes para 64 leitos. Já no Clínicas, são 60 aguardando internação e seis em avaliação.

A boa notícia é que o Hospital Dom Vicente Scherer, que atende convênios, voltou a receber pacientes.

O Hospital Fêmina, porém, segue com atendimento restrito. Na manhã desta segunda, eram 13 pacientes na Unidade de Terapia Intensiva, 10 na sala Canguru e 14 na sala intermediária, além de três gestantes em trabalho de parto. A opção recomendada é que as pacientes procurem o Centro Obstétrico do Hospital Conceição, inaugurado na semana passada.  

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.