Violência na Capital

Polícia identifica jovens mortos em chacina em Porto Alegre 

Investigadores acreditam que os assassinatos têm relação com o tráfico 

06/08/2017 - 21h15min | Atualizada em 06/08/2017 - 21h16min
Polícia identifica jovens mortos em chacina em Porto Alegre  Divulgação/Polícia Civil
Quatro jovens foram mortos a tiros no bairro Glória Foto: Divulgação / Polícia Civil  

A 1ª Delegacia de Homicídios identificou, neste domingo (6), os quatro jovens mortos a tiros na noite passada no bairro Glória, na zona sul de Porto Alegre. 

Bruno Fernando dos Santos, 18 anos, não tinha antecedentes criminais. Cristian Rafael Correa, 18 anos, tinha passagens pela polícia por furto, tráfico de drogas, roubo e lesão. Randerson Perna da Silva, 21 anos, e Luiz Vinícius Gomes Horne de Souza, 18 anos, tinham antecedentes por tráfico de drogas.

Conforme o delegado Rodrigo Reis, responsável pela investigação, tudo indica que as vítimas estavam sentadas no chão quando um veículo passou pelo grupo "metralhando". Ele acredita que o tráfico de drogas é a motivação para o crime:

— Aquele local é um ponto de venda de drogas de uma das grandes facções de Porto Alegre. Nós estamos no início das investigações, mas a hipótese mais provável é a do envolvimento com o tráfico. Trabalhamos com a possibilidade de que outra facção invadiu a área — explica o delegado.

O grupo estava com armas e drogas quando foi surpreendido pelos assassinos. Ninguém foi preso. A partir de segunda-feira, a polícia começará a ouvir testemunhas para tentar identificar os autores do crime. 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.