Buracos

Zona norte de Porto Alegre é uma das regiões mais afetadas pela buraqueira após chuvas 

Prefeitura espera o tempo melhorar para fazer a recuperação do asfalto 

31/05/2017 - 11h46min | Atualizada em 31/05/2017 - 12h36min
Zona norte de Porto Alegre é uma das regiões mais afetadas pela buraqueira após chuvas  Felipe Daroit/Rádio Gaúcha
Foto: Felipe Daroit / Rádio Gaúcha  

Trafegar pelas ruas da zona norte de Porto Alegre tem sido um verdadeiro teste de resistência para os motoristas, e também para veículos, nos últimos dias. A buraqueira aumentou após as chuvas que atingem a Capital desde a semana passada. Consequentemente, cresce também o risco de acidentes.

— Já furei pneu. Já quebrei suspensão. Sempre foi assim e agora piorou com a chuva — disse o comerciante Ronaldo Gomes, que passa diariamente pela Avenida Bernardino Silveira Amorim. 

A via é utilizada por milhares de pessoas, e é uma das principais ligações ao município de Alvorada e dos bairros Parque dos Maias, Santa Rosa, Jardim Leopoldina e Rubem Berta para a Avenida Assis Brasil. Há buracos em vários pontos. Alguns são tão grandes que os carros chegam a parar no meio da avenida para desviar. 

Situação semelhante é encontrada na Rua dos Maias. Diversos pontos estão com buracos grandes, desníveis e, outros, sem asfalto. O acostamento, em quase toda a extensão da rua, é de areia, terra ou brita.

— Eu moro aqui há 15 anos. Estamos abandonados. Nem lembro mais quando fizeram alguma recuperação desse asfalto — contou a doméstica Rita da Silva. 

Diversos trechos das avenidas Francisco Silveira Bitencourt, Bernardino Silveira Pastoriza e Assis Brasil também apresentam problemas. 

Leia mais
Após chuvas dos últimos dias, motoristas enfrentam buraqueira em Porto Alegre
Desnível no asfalto em faixa de segurança prejudica circulação no bairro Praia de Belas

Um dos pontos mais críticos encontrados pela reportagem é na Rua José Pedro Boéssio, no Bairro Humaitá. O trecho próximo a sede da Polícia Rodoviária Federal está quase intransitável. Motoristas tem de entrar na contramão para desviar dos buracos. O local também está com água acumulada. A via, além de ser ligação para as avenidas Ernesto Neugbauer e Guilherme Schell, também é passagem para muitos torcedores que vão para a Arena do Grêmio. 

Na terça-feira a prefeitura da Capital informou que, assim que o tempo melhorar, os trabalhos de recuperação do asfalto serão retomados seguindo a programação e atendendo também os critérios de emergência.

Pelas Ruas
Se você também enfrenta problemas com buracos no seu bairro ou cidade, compartilhe conosco através do aplicativo Pelas Ruas. Ele está disponível para iOS 9 ou superior e a partir da versão 6.0 do Android. Para baixar, basta entrar na App Store ou na Play Store e buscar o aplicativo pelo nome.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.