Modalidade de trabalho

Vai contratar um freelancer ? Veja o que levar em consideração

Avaliar bem as propostas, detalhar o trabalho corretamente, considerar o profissional como um parceiro e ter feedback diário das atividades desenvolvidas estão entre os itens que devem ser levados em conta

14/04/2017 - 19h00min | Atualizada em 18/04/2017 - 10h36min
Vai contratar um freelancer ? Veja o que levar em consideração Pexels/banco de imagens
Profissional que responde rápido seus contatos e está sempre disposto a conversar é boa escolha para quem vai contratar Foto: Pexels / banco de imagens  

Claudia Chiquitelli
Especial

Para muitos donos de negócios, contratar um freelancer vem acompanhado de uma série de incertezas, principalmente por ser uma modalidade de trabalho nova em algumas áreas, o que acaba gerando diversas dúvidas do que deve ser levado em conta no momento da escolha. Diante disso, a Workana, plataforma de trabalho freelancer com atuação na América Latina, levantou algumas orientações. Confira.

Detalhe a sua necessidade

Procure deixar bastante claro na proposta o que você está buscando, quais tarefas deverão ser desenvolvidas e, se possível, dê exemplos do que está imaginando em seu projeto. Assim, você já oferece todas as informações necessárias para o profissional fazer o orçamento, economizando tempo, e ainda já recebe propostas mais direcionadas, de trabalhadores mais adequados ao que você precisa.

Leia mais:
Vai contratar um freelancer ? Veja o que levar em consideração
Empresas com mais oportunidades de carreira no Estado
Linguagem corporal pode custar uma oportunidade de trabalho

Revise as propostas recebidas com atenção

Após o recebimento das propostas, é a hora de avaliá-las e selecionar quais se ajustam mais ao orçamento e, também, ao tempo que possui disponível para conclusão do projeto. Além disso, esse é um bom momento de analisar o perfil do profissional, suas principais habilidades e referências profissionais. A análise em conjunto desses itens ajuda bastante na seleção das melhores propostas para seu projeto. 

Não tenha medo

As novas plataformas freelancer oferecem um meio de pagamento que segundo as empresas é seguro, por meio de uma proteção chamada Escrow, que retém o dinheiro na plataforma e só o libera após o cliente sinalizar que o trabalho foi concluído. 

Aprenda novas habilidades

Além de chefe, você terá que ser: entrevistador, líder de equipe e parceiro. O profissional freelance não será mais um funcionário da sua empresa, e sim um parceiro do seu negócio. Se você conseguir vê-lo dessa maneira, terá um profissional cheio de autonomia e boas ideias, disposto a contribuir positivamente com o crescimento do seu negócio.

Não confie demais

Por mais que as novas plataformas de trabalho freelance da internet ofereçam segurança, se um profissional pedir um pagamento adiantado de maneira a infringir as políticas do site por meio do qual você está trabalhando, tome cuidado! Você não trabalhará com nenhuma garantia e poderá acabar sendo vítima de um usuário de má-fé. 

Analise a habilidade de comunicação dos profissionais

Selecionar um profissional com uma metodologia clara de trabalho e que ofereça feedbacks diários sobre a função em desenvolvimento é muito importante e fará toda a diferença no resultado final do projeto. Além disso, o tempo de resposta dos freelas também é um fator que influencia nessa escolha. Um profissional que responde rápido seus contatos e está sempre disposto a conversar sobre sua proposta, tirar dúvidas e fazer ajustes passa mais confiança e, geralmente, não trará problemas em relação à falta de comunicação no desenvolvimento do projeto.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.