Transporte

Aplicativo dará desconto de 50% nas corridas de táxis a partir de segunda-feira em Porto Alegre

Ação do Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre quer incentivar o aumento do número de viagens

13/01/2017 - 09h38min | Atualizada em 13/01/2017 - 10h21min
Aplicativo dará desconto de 50% nas corridas de táxis a partir de segunda-feira em Porto Alegre Ricardo Duarte/Agencia RBS
Foto: Ricardo Duarte / Agencia RBS  

A partir da semana que vem quem solicitar táxi pelo aplicativo do Sindicato dos Taxistas de Porto Alegre (Sintáxi) ganhará desconto de 50% no valor das corridas. O benefício será ofertado da 0h de segunda-feira até a meia-noite de 28 de fevereiro. 

Leia mais:
Ministro confirma que limite de dados de banda larga fixa pode começar em 2017

O abatimento será dividido: o taxista cadastrado ofertará 30% de desconto ao passageiro. Os 20% restantes serão bancados pelo sindicato. O presidente do Sintáxi, Luiz Nozari, quer incentivar o aumento no número de viagens. Segundo ele, a estimativa é que a redução no número de corridas é 50% menor nesta época do ano. Para completar o valor da corrida dos taxistas, o presidente do Sintáxi não descarta até penhorar a sede do sindicato.

— Estamos ameaçados de extinção. Vamos gastar tudo o que for possível para preservar a categoria de taxista. se acabar categoria, vai acabar o sindicato — projeta Nozari.

Cada taxista paga ao sindicato uma taxa de R$ 20 mensais. Para usar o aplicativo, hoje, o profissional não gasta nada a mais. Porém, o motorista precisa ser educado, honesto e ter o táxi limpo. Hoje, são 511 cadastrados.

Atualmente, há três mil clientes cadastrados. Destes, 800 baixaram o aplicativo apenas ontem. Se a promoção for bem aceita pelos usuários, Nozari avalia estender promoções a partir de março. Aliás, hoje, ele descarta pedir reajuste no valor da corrida. Pela lei, a partir de abril, o sindicato poderia requisitar aumento à EPTC.

— Hoje a categoria não quer que eu peça. Em abril vamos voltar a avaliar. Se eu não pedir em abril, eu posso pedir depois. O IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado) vai acumulando — avalia Nozari.

Leia as últimas notícias 

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.