Enem

Inep divulga exemplo de prova em vídeo traduzida em Libras

Os estudantes com deficiência auditiva também terão as opções de tradutor-intérprete e de leitura labial, além de terem direito a uma hora adicional para realização da prova, desde que solicitem no ato da inscrição

Por: Agência Brasil
17/05/2017 - 16h27min | Atualizada em 17/05/2017 - 17h28min
Inep divulga exemplo de prova em vídeo traduzida em Libras Reprodução/Inep
Foto: Reprodução / Inep  

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou nesta quarta-feira (17) um exemplo de prova em vídeo traduzida em Língua Brasileira de Sinais (Libras). Neste ano, pela primeira vez, o Inep vai aplicar de forma experimental esse formato no Enem. Os candidatos que desejarem fazer o exame em vídeo Libras terão que marcar a opção na inscrição, que vai até esta sexta-feira (19), no site do Enem.

Os interessados podem acessar a prova montada para um estudo realizado em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), que já oferece essa opção de prova em seus vestibulares. A vídeo prova traduzida em Libras tem 60 questões de edições anteriores do Enem, e com diferentes níveis de dificuldade.

Os participantes surdos ou com deficiência auditiva que escolherem a nova modalidade de aplicação terão as questões apresentadas em Libras por meio de um vídeo e terão acesso, ainda, ao caderno de questões impresso com os itens correspondentes apresentados no vídeo. As respostas deverão ser marcadas no cartão-resposta, como fazem os demais participantes. A vídeo prova será aplicada para até 20 pessoas por sala.

Leia mais
Participante do Enem que pedir atendimento especial terá que enviar atestado
Veja cinco sites que vão te ajudar a estudar para o Enem de graça
A dois dias do fim do prazo, Enem tem metade do número de inscrições de 2016

Além da prova em vídeo, os estudantes com deficiência auditiva terão as opções de tradutor-intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e de leitura labial. Eles poderão escolher apenas uma delas. Quem opta pelo tradutor-intérprete terá o auxílio de profissional capacitado em Libras para tradução das orientações gerais e para esclarecer dúvidas específicas de compreensão da língua portuguesa escrita, sem uma tradução integral da prova. O participante faz as provas em salas com até seis pessoas e com dois tradutores.

No recurso de leitura labial, o participante tem o auxílio de profissional capacitado em comunicação oral de pessoas com deficiência auditiva ou surdez e preparado para usar técnicas de interpretação e leitura dos movimentos labiais. Esses profissionais também atuam em dupla em salas para até seis participantes.

Para concluir a inscrição, é preciso anexar laudo médico que comprove a deficiência auditiva ou surdez. Esse participante também tem direito a uma hora adicional para realização da prova, desde que solicite esse benefício no ato da inscrição. Comentários, sugestões e mesmo dúvidas sobre o novo recurso podem ser enviados para o Inep pelo e-mail enemlibrasexperimental@inep.gov.br.

Enem

As provas do Enem serão aplicadas em dois domingos consecutivos, nos dias 5 e 12 de novembro. Para concluir a inscrição, o candidato deve pagar a taxa de R$ 82. O prazo vai até o dia 24 deste mês.

Pelas regras do edital, estão isentos da taxa os estudantes de escolas públicas que concluirão o Ensino Médio este ano, os participantes de baixa renda que integram o Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico) e os que se enquadram na Lei 12.799/2013 que, entre outros critérios, isenta de pagamento aqueles com renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio, ou seja, R$ 1.405,50.

O resultado das provas poderá ser usado em processos seletivos para vagas no ensino público superior, pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), para bolsas de estudo em instituições privadas, pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), e para obter financiamento pelo Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Leia as últimas notícias


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.