Litoral Norte

Chinelo tipo Rider e "canga do WhatsApp": veja as tendências da beira da praia para este verão no RS

Zero Hora foi à beira-mar em Capão da Canoa e Atlântida para conferir as novidades deste verão e os sucessos de venda com os ambulantes

Por: Jéssica Rebeca Weber
30/12/2016 - 20h30min | Atualizada em 30/12/2016 - 20h59min
Chinelo tipo Rider e "canga do WhatsApp": veja as tendências da beira da praia para este verão no RS Isadora Neumann/Agencia RBS
Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS  

Se São Pedro ajudar, as areias gaúchas serão palco de um gigantesco e democrático desfile de roupas de banho neste final de semana de Réveillon. Como ocorre a cada ano, o destaque serão as tendências para o veraneio. Zero Hora foi buscar nas praias de Capão da Canoa e Atlântida algumas das novidades para este verão, além de conferir os sucessos de venda com ambulantes à beira-mar.

Leia também
Prefeitura faz passarela de asfalto na areia da praia e depois retira estrutura em Capão da Canoa
VÍDEO: veranistas dão a previsão do tempo direto da beira da praia 

O que se vê nos carrinhos

Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

Saídas de praia longas, biquínis com infinidade de tiras e outras peças, como maiôs super cavados e modelos asa-delta, podem ser grandes tendências, mas não são tão fáceis de encontrar para vender na beira do mar.

Nos carrinhos de ambulantes, as estrelas são peças como o tomara-que-caia, as saídas de praia de renda. biquínis de franjinha, especialmente em tons vibrantes de rosa, amarelo, laranja e verde.

O que o ambulante Jair Oliveira, 35 anos, mais tem vendido são saídas de praia tipo camisa – chamadas chemisier. Mas no carrinho dele também tem cores, e grande parte delas está na "canga do WhatsApp". A peça, que ostenta os mais diferentes emojis do aplicativo, custa R$ 45. Mas se tem uma coisa que não sai da moda no litoral gaúcho é pechinchar.

– Sempre tem uma choradinha, né?! – diverte-se o ambulante.

Cintura alta ainda em alta

Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

As hot pants e toda a sua personalidade retrô seguem na moda. Esses modelos de calcinha mais altos ganham a preferência da advogada Camila Fagundes, 27 anos, moradora de São Jerônimo que veraneia em Capão da Canoa.

– Eu prefiro um biquíni maior, fio dental não é comigo – confessa.

Neste mês, ela comprou uma calcinha com listras horizontais, pretas e brancas, e, na parte de cima, foi de cortininha. A jovem diz que se sente mais confortável, sem abrir mão de estar na moda:

– Fechou todas.

De volta aos anos 90?

Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

Os chinelos slide (que talvez você chame de Rider) estão populares entre homens e mulheres, e certamente combinam com praia.

Um dos adeptos ao modelo em Atlântida é o porto-alegrense André Mexias, 56 anos, que, quando informado da moda, disparou:

– Estão me copiando? O pessoal não tem criatividade...

Saída de praia "chique" (e com boné)

Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

Se você está à procura de uma saída de praia diferente, vale avaliar uma tipo quimono ou então os modelos longos.

Em Atlântida, a farmacêutica Bianca Laize Beppler Anziliero, 24 anos, desfilava com um azul escuro que vai até o chão.

– Fica mais chique – avalia.

Para quebrar essa "finura" toda, colocou um boné, que costuma usar também em festas. 

Meio biquíni, meio artesanato (e com boné)

Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

A estudante Carolina Ivi Cioba Bertuol, 21 anos, mandou fazer o biquíni que usaria nesse verão. Encomendou um modelo nas cores preta e crua com uma conhecida que faz crochê, e partiu para as férias com uma peça que considera autêntica.

– Gosto dessas coisas mais artesanais. E dá para usar de short, simulando um top cropped. Fica mais arrumadinho – diz a jovem, que fechou a produção da praia com uma bolsa de palha, de cor natural.

Esses modelos com cara de "feito à mão" são tendência, de acordo com Patrícia Pontalti, colunista da Revista Donna e consultora de moda da empresa Aspatrícias, mas também não são lá muito práticos, uma vez que podem ficar pesados quando molham.

Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

Tomando sol ao lado de Carolina, a amiga Diandra Duflot de Abreu, 23 anos, usava um biquíni de babado, com boné de aba reta.

– Além de ser bonito, é importante para proteger o rosto. Acredito que boné se tornou unissex, e estão criando uns modelos mais femininos também – diz ela.

Abaixo o bronzeado perfeito!

Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

Um biquíni que aparece de maneira tímida nas areias gaúchas, mas que já caiu no gosto de celebridades como Anitta, põe o bronzeado perfeito em xeque. São os modelos strappy, aqueles cheios de tiras, que já faziam sucesso em sutiãs. Embora não muito funcionais (por causa das marquinhas), são tendência, garante Patrícia Pontalti.

Sophia Dunaway, 18 anos, exibia um desses em Atlântida. Além de três tirinhas na parte de cima, o modelo tinha três tirinhas na parte de baixo.

A estudante mora com a mãe, Hortência Dunaway, nos Estados Unidos, e as duas retornaram ao Rio Grande do Sul para passar o verão. Elas trouxeram vários desses modelos americanos para vender na loja que abriram na praia gaúcha.

Leia mais notícias sobre o verão


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.