Segundo pesquisa

Comer nozes pode prevenir Alzheimer

Alto teor antioxidante das nozes pode ter contribuído para proteger o cérebro

21/10/2014 - 15h22min
Comer nozes pode prevenir Alzheimer Stock.xchng/Divulgação/Stock.xchng/Divulgação
Foto: Stock.xchng/Divulgação / Stock.xchng/Divulgação  

Um novo estudo publicado no Journal of Alzheimer's Disease, indica que uma dieta rica em nozes pode ter efeitos contra o Alzheimer. Segundo a pesquisa, além de ajudar na redução do risco, a oleaginosa atrasa o aparecimento, retarda a progressão e previne a doença.

No Dia Mundial do Alzheimer, ZH revela o cotidiano de uma família que
convive com a doença

Testada em ratos, as nozes proporcionaram uma melhora significativa nas habilidades de aprendizagem, memória, redução da ansiedade e desenvolvimento motor, segundo o pesquisador Abha Chauhan. Os cientistas sugerem que o alto teor antioxidante das nozes pode ter contribuído para proteger o cérebro da degeneração provocada pelo Alzheimer.

— Estes resultados são muito promissores para ajudar a estabelecer bases para futuros estudos com humanos — diz o médico.

O grupo de pesquisa analisou os efeitos da suplementação alimentar com 6% a 9% de nozes — o que é equivalente a de 30 a 45 gramas do alimento por dia. Nozes têm outros benefícios nutricionais que melhoram a saúde do coração e do cérebro. Outro alimento que ajuda contra o Alzheimer são as pimentas.

 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.