Cinema

"Bruxa de Blair": veja outros filmes que seguem a técnica de falso documentário

Com o lançamento do novo filme da franquia, veja produções que também se encaixam no subgênero found footage

14/09/2016 - 15h02min | Atualizada em 15/09/2016 - 22h33min
"Bruxa de Blair": veja outros filmes que seguem a técnica de falso documentário Ver Descrição/Ver Descrição
Foto: Ver Descrição / Ver Descrição

Produção independente que lucrou feito blockbuster, A Bruxa de Blair foi também um divisor de águas no cinema. Depois do seu lançamento, em 1999, inúmeras produções ganharam as salas de projeção utilizando a mesma premissa do found footage – filmes baseados em imagens amadoras e supostamente reais encontradas ao acaso. 

Esta semana, uma continuação do filme original chega aos cinemas nos mesmos moldes e com quase o mesmo nome: Bruxa de Blair.

Mas a história da bruxa não foi o primeira – nem a mais impactante – a utilizar o expediente do found footage. Confira a seguir dez produções que causaram impacto (nem sempre positivo) no público com a técnica:

Leia mais
Fenômeno "Bruxa de Blair" volta no embalo dos filmes de terror que faturam como blockbusters

"Bruxa de Blair" é sequência histérica  e vazia de gritos, correria e sustos

1. Holocausto canibal (1980)
Considerado não apenas o precursor do found footage, mas também um dos filmes mais contraditórios de todos os tempos, o longa do diretor italiano Ruggero Deodato é tão extremo em suas cenas de assassinato e canibalismo que chegou a ser investigado como um possível snuff movie – filme em que pessoas são mortas de verdade. Na história, uma equipe de documentaristas viaja até a floresta amazônica e lá encontra uma tribo com paladar bem peculiar.

2. A Bruxa de Blair (1999)
O projeto da dupla Daniel Myrick e Eduardo Sánchez revigorou o cinema de susto e foi um sucesso tão grande que deu origem a toda uma indústria que se vale da ideia das filmagens encontradas. No filme, três jovens desaparecem em uma floresta durante a filmagem de um documentário sobre a lenda de uma bruxa local. O baixo orçamento foi compensado por criatividade e excelente senso de marketing – ao ponto dos produtores não levarem os atores para os eventos de divulgação com a desculpa de que eles realmente haviam desaparecido.

3. Atividade paranormal (2007)
Filme que popularizou o subgênero do subgênero: o found footage de câmera oculta. Lançado de maneira independente em 2007, foi comprado pelos estúdios Paramount e relançado em 2009 com um final alternativo, o que se mostrou um excelente negócio: custou meros US$ 15 mil e lucrou mais de US$ 100 milhões, dando origem a uma franquia igualmente vencedora. Com um enredo batido (casal atormentado por entidade fantasmagórica), apoiou-se todo na técnica e nos sustos. Deu certo.

4. REC (2007)
O claustrofóbico longa dos diretores espanhóis Jaume Balagueró e Paco Plaza coloca uma equipe de TV dentro de um prédio tomado pelo que parecem ser mortos-vivos hiperviolentos. Fez tanto sucesso que ganhou três sequências e uma refilmagem americana, Quarentena (2008).

5. Cloverfield (2008)
Produzido por J.J. Abrams, o filme acompanha um grupo de jovens durante o ataque de um monstro a Nova York. Como um bom found footage, não há explicações a respeito da origem da ameaça, seu propósito ou como (e se) foi afastada. Existe apenas o ponto de vista dos personagens e um pouco de sua vida pregressa. É até hoje alvo de especulações quanto a uma possível sequência.

6. O último exorcismo (2010)
Uma equipe de documentaristas decide filmar o que seria o último exorcismo de um ministro evangélico no interior dos EUA. Claro que nada sai conforme o planejado e todos acabam envolvidos na luta contra o capiroto. O clima documental deu certo e rendeu uma sequência em 2013.

7. O Caçador de troll (2010)
Nesta espetacular produção norueguesa, um grupo de jovens estudantes de jornalismo se junta a um caçador profissional de trolls. Detalhe: ele é contratado pelo próprio governo da Noruega para manter os mitológicos animais sob controle e longe da população civil. Mas como está descontente com a falta de atenção que recebe dos patrões, decide que é uma boa ideia mostrar as péssimas condições em que trabalha. Recheado de humor negro e ótimos efeitos, é daquelas pérolas que precisam ser vistas.

8. Apollo 18 (2011)
E se as primeiras viagens para a Lua tivessem descoberto algo perigoso demais para se divulgado? É esta a premissa deste interessante filme, construído através de imagens feitas pelos próprios astronautas durante a expedição da nave Apollo 18 nos anos 1970. O clima geral é de paranoia e suspense, com alguns sustos pontuais.

9. V/H/S (2012)
Um grupo de moleques baderneiros é contratado para roubar uma fita VHS. Quando chegam no local, o morador da casa está morto e há uma pilha de fitas VHS. Eles decidem assistir e cada uma delas mostra uma filmagem caseira que termina com alguém encontrando um destino que eles logo saberão qual é.

10. A Visita (2015)
O diretor M. Night Shyamalan se redimiu de seus fracassos anteriores com esse found footage que mistura suspense com comédia. Um casal de irmãos vai visitar os avós enquanto a mãe sai de férias com o namorado, mas logo coisas estranhas começam a acontecer – especialmente durante a noite.


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.