No Beira-Rio

Inter vence o São Paulo-RG e retorna à zona de classificação no Gauchão

Gol foi marcado por Nico López ainda no primeiro tempo

Por: Rafael Diverio
18/03/2017 - 20h50min | Atualizada em 18/03/2017 - 22h05min
Inter vence o São Paulo-RG e retorna à zona de classificação no Gauchão André Ávila/Agencia RBS
Foto: André Ávila / Agencia RBS  

Na noite de maior público do ano no Beira-Rio, aniversário de Fernandão e 350o jogo de D'Alessandro com a camisa colorada, o Inter venceu o São Paulo-RG por 1 a 0 e voltou à zona de classificação do Gauchão. O gol foi de Nico López.

Zago mandou a campo o time que treinou na sexta-feira, com D'Alessandro em uma linha com Dourado e Anselmo. À frente deles, três atacantes: Nico López, Brenner e Carlos. O São Paulo, por sua vez, teve os mesmos 11 titulares que venceram o Ypiranga no sábado anterior.

Leia mais:
Cotação ZH: Danilo Fernandes e D'Alessandro são os melhores na vitória do Inter
"Estou ali para isso", comemora Danilo Fernandes após milagre na vitória do Inter

Veja como fica a tabela do Gauchão

A postura defensiva do time visitante segurou o ímpeto ofensivo colorado nos primeiros minutos. Tanto que o Inter só conseguiu assustar o goleiro Roballo com dois chutes de fora da área do capitão. Aos 15, a primeira chance saiu quando D'Alessandro lançou Nico. O uruguaio driblou o zagueiro e chutou para dentro da área, mas a defesa salvou antes da chegada de Brenner.

O Inter seguiu na pressão, mas sem concluir, permitia algumas situações perigosas da equipe de Rio Grande, como uma cobrança de falta de Leomir que quase encontrou Adriano Lara na frente de Danilo. Por outro lado, D'Alessandro, com um toque, armou um ataque pela direita, que passou por Uendel na esquerda e chegou a Nico López, mas o chute foi travado por Diego Rocha.

Aos 36, Roballo salvou o São Paulo. William cobrou falta na cabeça de Brenner, mas o goleiro fez um milagre e espalmou.

No último lance do primeiro tempo, o gol. Brenner foi lançado, driblou o goleiro, mas perdeu o ângulo. Com calma, o centroavante encontrou Nico na área pequena. O uruguaio só empurrou para a rede.

Do vestiário, o Inter voltou igual, mas Gilson Maciel fez duas trocas, colocando os atacantes Welder e Rafael Pilões nos lugares de Cleiton e Neílson. Mas o primeiro momento de perigo foi uma recuada de Lara que quase pegou Roballo no contrapé.

Aos 13, Uendel avançou pela esquerda, venceu a defesa e chutou em cima do goleiro. Pouco depois, foi a vez de o São Paulo quase marcar. Fidelis aproveitou falha de Dourado, driblou Ernando e deu para Welder, que acionou Chico, mas a conclusão foi na rede por fora.

Depois de mais um susto, em chute de Leomir defendido por Danilo, o Inter chegou perto de ampliar. Uendel recebeu belo passe e deu para Brenner marcar, mas Henrique cortou um segundo antes.

Corajoso, o São Paulo teria empatado o jogo se Danilo não fizesse uma grande defesa em um lindo voleio de Fred Saraiva, que recém havia entrado, no ângulo. Depois deste lance, Zago trocou Nico por Valdívia e Brenner por Roberson. A cena se repetiu, com Fred Saraiva frente ao goleiro do Inter já nos acréscimos, quando o atacante avançou na pequena área e chutou firme. Danilo buscou com a ponta dos dedos, fazendo mais um milagre na partida. 

Apesar das substituições e da pressão do time de Rio Grande até o último segundo de jogo, o placar ficou mesmo em 1 a 0.


Confira a galeria de fotos de Inter x São Paulo:


* ZHESPORTES


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.