Transtorno em números

Clientes sem luz e ruas bloqueadas: os estragos do temporal em Porto Alegre

Mau tempo na noite da sexta-feira ainda se reflete em prejuízos deixados na região central da Capital e em partes da Zona Sul

30/01/2016 - 15h41min | Atualizada em 31/01/2016 - 22h05min
Clientes sem luz e ruas bloqueadas: os estragos do temporal em Porto Alegre André Avila/Agencia RBS
Equipes fazem reparos na rede elétrica da Capital, danificada pelo forte vento na noite da sexta Foto: André Avila / Agencia RBS

Após o mau tempo na noite da sexta-feira, o domingo segue com bairros sem luz e sem água em Porto Alegre. Conforme o último levantamento da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE), 53 mil clientes seguiam sem luz até as 22h.

Às 6h30min deste domingo, a empresa havia informado oficialmente 85 mil clientes seguiam sem luz — 90% deles na capital gaúcha. Segundo o diretor de distribuição da CEEE, Júlio Hofer, a diferença de números ocorreu porque a contagem é realizada de maneira distinta: uma delas leva em conta o número de pessoas atingidas no momento do temporal e outra leva em conta o total de atingidos.

— Na noite de sexta-feira, foram 450 mil clientes afetados. Destes, 85 mil ainda seguem sem luz. Acontece que de lá para cá outros eventos ocorreram na cidade, pressionando para cima o número de atingidos. Um carro que aquaplanou e derrubou um poste, árvores que ficaram não caíram na sexta, mas que prejudicaram a rede na madrugada de domingo, entre outras coisas. Por isso, o número total ao meio dia de domingo é 140 mil — explicou Hofer.

A companhia informou que "a complexidade dos danos a serem reparados não permite previsão de retorno da luz". Mas, de acordo com Hofer, a expectativa é que a maior parte do serviço seja normalizado no domingo.

— À noite e com chuva fica mais difícil para os técnicos trabalharem. Então, talvez, alguma região fique sem luz até segunda-feira. Mas estamos fazendo de tudo para evitar que isso ocorra — afirmou. 

De acordo com a prefeitura, o abastecimento de luz foi prejudicado principalmente devido ao grande número de árvores — cerca de 300 — que caíram sobre a fiação elétrica, derrubando postes.     

De acordo com a EPTC, Porto Alegre tem na manhã deste domingo 22 semáforos desligados e 11 bloqueios por árvores.

Após reunião com o secretariado, a prefeitura anunciou que terá o apoio de 40 militares do Exército Brasileiro. Eles se somam aos 300 garis que fazem uma operação extraordinária de limpeza.

Temporal causa danos a barracas de comerciantes da orla do Guaíba
Parque Marinha do Brasil é cenário de devastação  

Acompanhe as últimas informações:

Prefeitura pedirá ajuda do Exército para liberar ruas  
Feirantes da Redenção e fregueses contam prejuízos com temporal  

* Zero Hora

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.