Celebração irlandesa

Sinal verde para a festa: como será o Saint Patrick's Day em Porto Alegre

Visitantes devem usar roupas e acessórios verdes, assim como o chope

Por: Alexandre Lucchese
16/03/2017 - 19h42min | Atualizada em 17/03/2017 - 13h09min
Sinal verde para a festa: como será o Saint Patrick's Day em Porto Alegre Camila Domingues/Especial
Boneco de mais de três metros representará São Patrício Foto: Camila Domingues / Especial  

A Rua Padre Chagas ficará mais verde nesta sexta-feira. E não se trata de uma ação de florestamento. Das 16h às 22h, uma multidão deve ocupar um dos mais nobres endereços da Capital para comemorar o Saint Patrick's Day, festa popular de origem irlandesa, comum em países de língua inglesa. Até o chope bebido pelos visitantes será verde, assim como roupas, cartolas e acessórios.

São Patrício parece ser uma entidade mesmo milagrosa. Os festejos anuais em 17 de março, dia de sua morte, espalharam-se pelo mundo todo, mesmo em locais sem colonização irlandesa — como é o caso de Porto Alegre. Na Capital, São Patrício conseguiu até colocar de acordo a conflitiva relação entre comerciantes e vizinhos do bairro Moinhos de Vento. Alguns empresários e moradores não concordavam com a festa a céu aberto, temendo sujeira e bagunça na rua.

Leia mais:
Saiba quais vias estarão bloqueadas na sexta para o Saint Patrick's Day

Paulo Germano: Vai ter ocupação na Padre Chagas
Rua fechada para St. Patrick's Day causa debate no Moinhos de Vento

— Foi a primeira vez que conseguimos reunir os empresários da rua para conversar, para entendermos nossos problemas. Criamos um clima de colaboração que não havia antes — conta Gabriely Muñoz Rocha, sócia do pub Mulligan, que encabeçou o projeto, junto ao movimento Tô Na Rua.

O Mulligan comemora o Saint Patrick's Day há mais de uma década, sendo um dos responsáveis por estabelecer a festa na cidade. Tantos os fundadores quanto os atuais sócios da casa não têm qualquer vínculo familiar com a Irlanda, mas eram entusiastas da cultura do país e resolveram promover a festa em Porto Alegre. Deu certo. No ano passado, uma multidão tomou conta da Padre Chagas de modo espontâneo nesta altura do mês, o que motivou os bares locais a tentar organizar o evento.

Neste ano, na parte mais alta da Padre Chagas, próximo ao Applebee's, haverá um palco com show de bandas de rock e distribuição de brindes. Além disso, um boneco de 3m50cm, parecido com os usados no Carnaval de Olinda, representará São Patrício, promovendo a folia no meio do público. Não há como prever o número de visitantes, mas o Mulligan estima que 10 mil pessoas devem circular pela rua.

Como São Patrício e Leprechaun, duende irlandês que se tornou mascote da festa, são representados em verde, esta acaba sendo a cor predominante no vestuário dos participantes — e também poderá ser da alimentação, já que haverá cerveja e hambúrgueres com pão verde à venda. Mas a cor também poderia representar a lucratividade do evento. No estacionamento do Mulligan, ao lado do palco, 30 mil litros de chope estarão gelando para aplacar a sede da multidão. Já a festa dentro do bar, que seguirá depois das 22h, teve seus 200 ingressos vendidos em três dias.

— A festa na rua tem cada vez mais apoio, mas tudo dependerá do público para uma próxima edição. A gente quer entregar uma rua mais limpa do que recebeu. Para isso, a colaboração dos frequentadores é fundamental — diz Gabriely.

GLOSSÁRIO

Saint Patrick's Day — É o dia em que se venera São Patrício, padroeiro da Irlanda. A memória do santo, morto em 17 de março de 461, costuma ser celebrada com festa pelos irlandeses e há décadas passou a ser comemorada também em outros países.

Shamrock — É o nome de um trevo bastante comum na Irlanda, sendo o símbolo oficial do país. Reza a lenda que São Patrício, ao catequisar os irlandeses, usava as três folhas do shamrock para explicar a Santíssima Trindade.

Leprechaun — Figura mitológica do folclore irlandês, acabou se tornando também um dos personagens do Saint Patrick's Day. Por conhecer a localização de tesouros escondidos, é também sinônimo de sorte. Sua cartola inspira o traje de quem comemora a festa.

Cerveja verde — São Patrício e Leprechaun geralmente são representados pelo verde, assim como o shamrock. Por conta disso, o verde se tornou a cor oficial da festa — quem for vestido de outra cor sabe que pode levar um beliscão dos amigos. Atualmente, há até cerveja verde nas festas, mas costuma ser uma pilsen com corante. Os irlandeses costumam comemorar tomando chope ou cerveja escura, do tipo stout.

Boxty — Panqueca de batata tradicional na Irlanda, costuma ser o lanche preferido de quem vai Saint Patrick's Day. Outro prato associado à festa é o fish and chips, porção frita de peixe e batata, muito popular também no Reino Unido.

Um dos eventos ocorrerá na Padre Chagas Foto: Camila Domingues / Especial


 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.