Saúde

Sobe para oito o número de hospitais com emergências lotadas em Porto Alegre

Presidente Vargas e Moinhos de Vento também sofrem com o aumento da demanda por atendimento

18/07/2017 - 15h29min | Atualizada em 18/07/2017 - 15h29min
Sobe para oito o número de hospitais com emergências lotadas em Porto Alegre Bruno Alencastro/Agencia RBS
Oito hospitais de Porto Alegre estão com as emergências superlotadas nesta terça-feira (18) Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS  

O número de hospitais afetados pelo aumento na demanda passou para oito nesta terça-feira (18) em Porto Alegre. Até segunda-feira (17), seis casas de saúde da Capital apresentavam emergências superlotadas.

Entraram para a lista o Hospital Materno-Infantil Presidente Vargas, que atende pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e o Hospital Moinhos de Vento, que recebe pacientes por convênio.

Leia mais:
Moradores de rua contam como lidam com o frio 
No dia mais frio do ano, telefone da prefeitura para ajuda a morador de rua não atendeu

Também estão comprometidos os atendimentos nas emergências dos hospitais de Clínicas, Conceição, São Lucas, Santa Clara e Fêmina, além do Hospital Restinga e Extremo-Sul. Todos os seis vinculados ao SUS.

No Clínicas, 73 pacientes aguardam internação e 10 estão em avaliação. No Conceição, a emergência está lotada, com 79 pacientes. Na emergência adulto do São Lucas, 19 pacientes são atendidos para apenas 13 leitos. No Fêmina, 14 bebês estão internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que conta com 10 leitos.

A onda de frio também aumentou a procura nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Mas a Secretaria de Saúde da Capital orienta à população para procurar primeiro as unidades básicas de saúde dos bairros.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.