Maratona de provas

Vestibular da UFRGS 2017 tem 5 mil inscritos a menos do que em 2016

Número de candidatos começou a cair desde que o ingresso pelo Sisu passou a ser aceito pela Universidade, diz organização

Por: Bárbara Müller
05/01/2017 - 17h48min | Atualizada em 05/01/2017 - 17h48min
Vestibular da UFRGS 2017 tem 5 mil inscritos a menos do que em 2016 Ricardo Duarte/Agencia RBS
Foto: Ricardo Duarte / Agencia RBS  

A partir do próximo domingo, 33.459 candidatos devem encarar a maratona de provas do vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O exame, que segue até a quarta-feira, será realizado em Porto Alegre, Bento Gonçalves, Imbé e Tramandaí. Na edição deste ano, são aproximadamente cinco mil inscritos a menos do que em 2016. Em razão disso, o número de locais que aplicarão as provas também caiu de 62 para 55.

São 4.017 vagas distribuídas em 91 cursos de graduação, sendo metade reservada a quem vem do sistema público de Ensino Médio. Esse número de vagas corresponde a 70% do total oferecido pela universidade — o restante, 1.654, é destinado ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que utiliza a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

De acordo com a instituição, "é possível verificar que desde que a Universidade adotou o Sisu como forma de ingresso para 30% das vagas, no vestibular 2014, percebe-se a redução do número de inscritos". Ainda segundo a universidade, pode-se afirmar que "esta diminuição não tem nenhuma relação com política de ações afirmativas, implantada na UFRGS em 2008".

O curso mais concorrido, como de costume, é Medicina, porém o número de candidatos por vaga diminuiu de 79,82 para 74,26, se comparado ao vestibular de 2016. Logo atrás estão as graduações de Psicologia diurno (28,82), Fisioterapia (26,43), Psicologia noturno (23,19) e Medicina Veterinária (18,43). Esta última, ultrapassou Biomedicina na concorrência, na comparação com o ano passado.

Veja também:
Vestibular da UFRGS 2017 começa no domingo
O que você precisa saber sobre a redação do vestibular da UFRGS
Medicina, Psicologia e Fisioterapia são os cursos mais concorridos da UFRGS

As vagas para as aulas que se iniciam no primeiro e no segundo semestre serão distribuídas de acordo com a forma de ingresso: ampla concorrência e programa de ações afirmativas  — na UFRGS, 50% das vagas em todos os cursos são reservadas a estudantes de escolas públicas, de acordo com autodeclaração étnico-racial e faixa de renda. Todos os candidatos concorrem por ampla concorrência, mas aqueles que preenchem os requisitos do programa tiveram a opção de também concorrer às vagas destinadas ao sistema de cotas.

Nas edições anteriores, as vagas de cada semestre eram distribuídas conforme a ordem decrescente do argumento de concorrência. Isso fazia com que a maioria dos alunos que concorrem pelas cotas ficassem  classificados para ingresso no segundo semestre, e as vagas do primeiro semestre eram ocupadas pelos ingressantes pelo acesso universal.

Ao todo, são mais de 2 mil vagas destinadas às cotas, distribuídas nas seguintes modalidades:

a) Modalidade L1 - candidato egresso do sistema público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita;

b) Modalidade L2 - candidato egresso do sistema público de Ensino Médio com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo nacional per capita autodeclarado preto, pardo ou indígena;

c) Modalidade L3 - candidato egresso do sistema público de Ensino Médio independentemente da renda familiar;

d) Modalidade L4 - candidato egresso do sistema público de Ensino Médio independentemente da renda familiar, autodeclarado preto, pardo ou indígena.

Confira a comparação do concurso deste ano com o do ano passado: 

Foto: Arte ZH / RBS


 






 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.