Frio dá trégua

O inverno tem mais um veranico na agenda: RS deve ter máxima próxima dos 30°C no domingo

As previsões descartam chuva até o final do mês

Por: Zero Hora
20/07/2017 - 12h57min | Atualizada em 20/07/2017 - 18h49min
O inverno tem mais um veranico na agenda: RS deve ter máxima próxima dos 30°C no domingo Tadeu Vilani/Agencia RBS
Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS  

Sabe aquela festinha que se organiza de improviso só para não deixar uma data passar em branco? Pois é. A semana gelada que chega ao fim serviu mais ou menos para isso em relação ao tempo: teve a cota de frio que não deixou o inverno passar batido em julho. É que a partir desde sábado (22), a temperatura volta a subir, e os prognósticos da meteorologia apontam para máximas perto dos 30°C em algumas regiões, inclusive em Porto Alegre. O frio menos intenso já pode ser observado nesta quinta-feira (20). Pela manhã, a Capital registrou 15°C.

De acordo com informações do 8º Distrito de Meteorologia do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), o tempo com cara de primavera deve perdurar pela próxima semana, sem indicações de chuva pelo menos até o final do mês. A chance de precipitações, ainda que pequena, está reservada à Região Sul, que ganha mais nebulosidade na sexta-feira (21).

Os altos e baixos dos termômetros são resultado da entrada e saída de dois sistemas na região.

— A massa de ar polar veio na retaguarda de uma frente fria, derrubando as temperaturas no Sul. Agora, ela começa a perder a intensidade e se afasta para o oceano — explica Patricia Cassoli, da Somar Meteorologia.

Leia mais:
Com -4ºC, São José dos Ausentes tem a menor temperatura do RS na terça-feira
Pelo menos 18 cidades do Rs têm temperaturas abaixo de 0°C nesta quarta-feira
O inverno dos outros: sensação térmica de 16ºC vira manchete na Bahia

Esse distanciamento faz com que os termômetros subam gradativamente ao longo dos dias. Na segunda-feira, pode fazer 30°C no Estado.

Sequência da estação não teve ter frio tão intenso

Quem não gosta dos rigores do inverno terá o que celebrar neste ano. Sem atuações de fenômenos como o La Niña e o El Niño, a estação tende a manter um padrão considerado mais normal, com períodos de frio e veranicos. Mas a tendência, segundo o meteorologista Rogério Rezende, do 8º distrito do Inmet, é de que as próximas ondas de frio não sejam tão intensas como a observada nos últimos dias.

— Até setembro, ainda poderemos ter dias frios assim, mas talvez não com registro de -7°C como vimos em Santa Catarina. Haverá temperaturas negativas, mas talvez não tanto assim. Pelo menos é a tendência que temos por enquanto — diz Rezende.

A ocorrência de chuva, até agora, está abaixo do esperado, mas ainda considerada dentro da normalidade para o período, assim como a umidade relativa do ar. Apesar das previsões indicarem mais calor, regiões como a Serra ainda registrarão, no amanhecer de sábado, temperatura baixa, em torno dos 5°C em alguns pontos.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.