Vem, Enem #5

Matemática no Enem exige atenção com tempo, cálculos e interpretação

Com questões cansativas, a prova que divide o dia com Linguagens e redação demanda concentração dos candidatos e representa 25% do teste

Por: Laura Gheller | Especial
09/10/2014 - 06h02min
Matemática no Enem exige atenção com tempo, cálculos e interpretação Edu/Arte ZH
Foto: Edu / Arte ZH

A tradição do Enem de buscar a contextualização com o cotidiano do aluno não poupa nem a prova de Matemática. Aplicar fórmulas e destrinchar cálculos são apenas parte de um teste que reserva para os candidatos questões cansativas. Soma-se o fato de que, além dessa disciplina, o aluno também precisará responder a questões de Linguagens e Códigos e elaborar uma redação, e a missão do segundo dia de provas se torna dramática.

>>> Confira o gabarito extraoficial do Enem

– Por incrível que pareça, o mais comum é não dar tempo de terminar a prova de Matemática. E olha que, no domingo, são cinco horas e meia – diz Gustavo Reis, professor do Mathematica Et Cetera.

O que estudar para a prova de Matemática do Enem?

Com tanta coisa para dar conta, os professores recomendam que o candidato comece o segundo dia pela redação. Ao iniciar Matemática, ele deve partir das questões que julga mais fáceis e, no tempo que sobrar, tentar as mais difíceis.

– O acerto das questões fáceis é fundamental para uma boa nota, porque, com o sistema de correção, acertar uma questão mais complexa e errar uma simples faz com que você pontue menos, por falta de consistência – explica Floriano Krieger, professor do curso pré-vestibular Universitário.

Vem, Enem: acesse a série de reportagens preparatórias para o exame

Antes de tentar iniciar algum cálculo, o aluno precisa descobrir qual conteúdo envolve aquela questão (estatística, progressão, proporções) e, então, lembrar da fórmula que pode ser aplicada. O tempo que se gasta em cada pergunta também deve ser levado em conta pelos participantes – não adianta ficar 10, 15 minutos em uma só.

– Sempre digo para o aluno não “se apaixonar” por uma questão. A prova é elaborada para não ter cálculos muito grandes. Se o cálculo está muito grande, comece a desconfiar, esse não deve ser o caminho – ensina Leonardo Mota, professor de matemática do La Salle Santo Antônio.

>> QUIZ: teste seus conhecimentos para a prova de Ciências Humanas
>> Confira questões comentadas sobre Ciências da Natureza no Enem
>> Faça também o quiz sobre Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Para aprender a domar o tempo durante a prova, a dica é uma só: praticar em testes anteriores. Refazer questões de outras edições do Enem vai dar mais segurança para o candidato quando o relógio começar a correr.

– A forma como o aluno fará o enfrentamento de uma prova tão longa é o mais importante – afirma Régis Gonzaga, professor do pré- vestibular Unificado. – É preciso treinar em casa fazendo a prova de Matemática inteira de uma vez, controlando o tempo. Não adianta fazer cinco questões hoje e três amanhã. É melhor fazer direto e corrigir os erros depois.

Multiplique seu saber matemático

Antes considerada de fácil resolução perto dos vestibulares tradicionais, a prova de Matemática do Enem já não anda mais tão simples assim. Se nas edições passadas o candidato resolvia boa parte das questões só com a básica regra de três, hoje em dia é recomendável que ele saiba além das operações fundamentais.

– Nos últimos anos, como as universidades passaram a adotar o Enem como critério de seleção para ingresso, o exame começou a abordar outros assuntos, mais específicos. Hoje, o exame já requer o conhecimento do aluno, tem de saber algumas fórmulas. Acredito que, neste ano, a prova vai ser um pouco mais aproximada do vestibular, para que haja mais critérios de desempate – explica Leonardo Mota, professor de matemática do colégio La Salle Santo Antônio.

:: Leia as últimas notícias sobre vestibular e Enem

Para Régis Gonzaga, professor do Unificado, atualmente o candidato precisa saber, por exemplo, progressão aritmética e geometria espacial e plana. Esses são conteúdos que apresentam um grau de dificuldade e que não apareciam com frequência quando a prova servia apenas para avaliar os alunos do Ensino Médio.

Justamente por ter passado por tantas mudanças ao longo dos anos, a prova de matemática do Enem ainda está em busca de uma identidade, o que pode emperrar o aluno na hora de guiar seus estudos, segundo Floriano Krieger, professor do Universitário.

– A prova ainda não tem uma história pronta, os próprios conteúdos ainda não são claros quanto à definição, embora haja uma matriz de referência. Mas algumas coisas podemos tirar como concretas, que costumam aparecer todos os anos: análises de gráficos em geral e geometria, por exemplo – diz Floriano.

Embora haja dúvidas quanto à clareza do conteúdo, uma coisa não mudou com o passar das edições: a tradição do Enem de relacionar as questões com o cotidiano do aluno e exigir um conhecimento mais contextualizado.

– São questões que exigem muito raciocínio, interpretação, domínio de diferentes linguagens e códigos, compreensão e análise de fatos e fenômenos sociais e culturais – diz o professor Luciano Stropper, do Colégio La Salle Santo Antônio.

Outra característica da prova de matemática do Enem é que, quantitativamente, ela tem um peso grande no exame, já que são 45 questões sobre a disciplina, o que representa um quarto do teste.

– Há dois pontos que são fundamentais no Enem: a prova de matemática e a prova de redação, e são elas quem vão definir a aprovação, especialmente nos cursos mais concorridos, como Medicina e Arquitetura – diz Régis.

Destacamos três assuntos que, segundo os professores, historicamente aparecem na prova de matemática do Enem.

Gráficos e tabelas
Os professores concordam que boa parte das questões passa pela interpretação de gráficos e tabelas. Como o Enem quer aproximar a matemática do cotidiano do aluno, esse é o carro-chefe da prova.

Os gráficos podem ser retirados de cadernos de economia de jornais, por exemplo, abordando a inflação ou a variação do PIB, que são assuntos do dia a dia. Para fazer a leitura adequada dos dados, é preciso observar quais informações estão presentes nos eixos vertical e horizontal e, depois, focar no que a questão está pedindo.

Geometria
Conhecimentos geométricos também são muito explorados no Enem, sobretudo geometria plana e espacial. É fundamental que o aluno domine as caracterizações das figuras geométricas, pois cálculos de áreas, superfícies, volumes e perímetros são frequentes. Na geometria espacial, é importante saber reconhecer os sólidos, suas propriedades e planificações.

Essa parte da matemática tem muitas fórmulas, o que costuma assustar o candidato. A dica dos professores é que o aluno não se preocupe em decorar todas as fórmulas de todas as figuras, e, sim, concentre-se nas fórmulas básicas, que podem ser aplicadas na maior parte das questões.

Razão e proporção
Nem tudo é complicado. Para a sorte de alguns candidatos, o Enem ainda reserva parte das questões para explorar operações básicas e conceitos do Ensino Fundamental. É bom ficar atento para as relações entre grandezas, que envolvem razões, proporções, porcentagens e probabilidade.

Em questões que envolvam comparações de dados, a dica é prestar atenção se as grandezas estão com a mesma unidade de medida. Muitas vezes, o exercício parece simples, mas traz consigo uma “pegadinha”, que pode levar o candidato a marcar a alternativa errada.

* Zero Hora

Notícias Relacionadas

Vem, Enem #4 02/10/2014 | 08h03

Prova de Linguagens e Códigos do Enem vai muito além das palavras

Exame com maior abrangência de conteúdos exige do candidato conhecimento sobre artes, importância dos esportes e tecnologia

Vem, Enem #3 25/09/2014 | 08h05

Números e atualidades convivem nas Ciências da Natureza do Enem

Com mais cálculos, prova que engloba biologia, física e química exige candidato atento ao conteúdo e à relação do que estuda com o cotidiano

Vem, Enem #2 18/09/2014 | 05h31

Enem: confira dicas e estatísticas da prova de Ciências Humanas

Geografia, história, filosofia e sociologia dividem a primeira prova do Enem – e, com a interdisciplinaridade, podem aparecer juntas na mesma pergunta

Vem, Enem #1 11/09/2014 | 05h02

Tempo, cotas, TRI: estudantes tiram dúvidas sobre as provas do Enem

Na primeira de uma série de reportagens preparatórias para o Exame Nacional do Ensino Médio, ZH responde às suas principais dúvidas

 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.