Filtro de confiança

Cães rejeitam pessoas que são hostis com seus donos

Segundo pesquisa japonesa, cachorros são capazes de julgar uma pessoa com base em seu comportamento na sociedade

15/06/2015 - 15h16min
Cães rejeitam pessoas que são hostis com seus donos Gabriel Renner/Arte ZH
Foto: Gabriel Renner / Arte ZH  

A ciência confirma aquilo que quem aprecia a companhia de cães já sabia: eles sabem quem é desagradável com seu dono. Um estudo realizado pelo professor de psicologia da Universidade de Kyoto Kazuo Fujita conseguiu provar que os cachorros são capazes de julgar uma pessoa com base em seu comportamento na sociedade. Uma das formas de saber se alguém é ou não é gentil é deixá-la oferecer comida ao seu pet. Se o animal recusar, isso pode ser um indício de que essa não é a melhor parceria.

— Descobrimos pela primeira vez que um cão pode avaliar a sociabilidade de um indivíduo, independentemente de seu interesse direto — explicou Fujita.

Conexão entre cão e dono é semelhante a de mãe e filho, afirma estudo

Esse tipo de consciência social, segundo o pesquisador, só é encontrado em um número muito pequeno de espécies, incluindo os seres humanos e alguns primatas. Agora, os cães também entram para esse grupo.

Brasileiros preferem cães a gatos, aponta IBGE

O estudo foi feito com 54 cães que foram divididos em três grupos, cada um com 18 animais. O primeiro conjunto viu seus donos serem hostilizados por uma pessoa e apenas um cachorro aceitou receber comida dela. A maioria preferiu comer o que outros sujeitos, que nunca tinham visto, ofereceram. O segundo assistiu aos "melhores amigos" serem bem recebidos por desconhecidos que depois ofereceram alimento aos respectivos animais e os donos do terceiro estiveram com desconhecidos, mas sem interagir. Os cães que participaram dos dois últimos grupos fizeram escolhas aleatórias: aceitam alimentos tanto de quem foi legal quanto com quem foi neutro com os seus proprietários. Os testes foram repetidos quatro vezes em cada conjunto.

— Nós descobrimos, pela primeira vez, que os cães fazem avaliações sociais e emocionais das pessoas, independentemente do interesse direto envolvido. Esta capacidade mostra que os cães compartilham essa habilidade com os seres humanos — apontou o professor da universidade japonesa.

Cães conseguem diferenciar tristeza de alegria em humanos, diz pesquisa

Em outros testes, o grupo de pesquisadores da Universidade de Kyoto percebeu que os cães também sabem quando alguém mente para eles. E perdem a confiança em quem faz isso cotidianamente. A ideia dos estudos da equipe é entender o julgamento que os cães fazem da personalidade e do comportamento das pessoas com quem convivem.

*AFP

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.