E agora?

As opções de Roth para substituir William contra o Flamengo 

Com suspensão do lateral, técnico do Inter pode improvisar ou deslocar Ceará para a direita

Por: Leonardo Oliveira
14/10/2016 - 06h09min | Atualizada em 14/10/2016 - 09h33min
As opções de Roth para substituir William contra o Flamengo  Félix Zucco/Agencia RBS
Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

É como se Celso Roth tivesse apenas um lateral para cobrir os dois lados do campo. A suspensão de William pelo terceiro cartão amarelo na partida contra o Flamengo tira do Inter o seu melhor jogador nestes dias nervosos no Beira-Rio e coloca Celso Roth diante de um dilema: usar Ceará na direita, em sua posição de origem, ou encarar o segundo melhor time do Brasileirão, às 17h de domingo, no Beira-Rio, com improvisações nos dois lados.

A tendência é de que Roth faça o trivial. Ou seja, coloque Ceará como lateral-direito e promova a volta de Geferson ao time na lateral esquerda. A questão, no entanto, é que esse Inter engolfado pela crise técnica desvia mesmo das tendências mais óbvias.

Leia mais:
Ernando cita nervosismo como um dos motivos para partidas "sofríveis" no Beira-Rio
"Vamos lutar até o fim", afirma Anderson sobre situação colorada
Reapresentação do Inter após derrota tem susto de Seijas e ausência de titulares 

Assim, é possível abrir o leque de opções de Roth para montar a defesa. Principalmente, porque conta com três zagueiros de mesmo padrão — e dois deles, Eduardo e Ernando, foram usados em outras ocasiões como laterais.

Em sua estreia, por exemplo, contra a Chapecoense, escalou Eduardo na lateral direita. Ernando também já jogou por ali e também na esquerda. Uma alternativa menos provável seria usar Fabinho como lateral-direito, reprisando alguns jogos da Era Argel.

Capitão do time e guindado ao status de líder com Roth, Ernando é polido ao comentar sobre possível improvisação como lateral. Até se oferece, mas sem muito entusiasmo:

— O Geferson e o Artur já atuaram e estão prontos. Não sou eu quem devo escalar, mas o Celso tem boas opções para colocar na lateral sem ter de improvisar zagueiro.

Lateral que virou zagueiro e depois foi campeão da Sul-Americana improvisado como lateral, Bolívar segue na mesma linha de Ernando. Aposta em Ceará na direita e Geferson na esquerda. Reforça sua tese no fato de que o Inter precisará, no domingo, de pelo menos um dos escalados nos flancos com melhor saída ao ataque. Bolívar aponta a ausência de William como grave para o Inter neste momento de tanta pressão.

— Tenho certeza de que ele (William) estará entre os três da posição nas eleições dos melhores do Brasileirão — apostou.

Vinícius fez o mesmo percurso de Bolívar. Surgiu como lateral no Inter e migrou para a zaga quando foi jogar no futebol europeu. E coincide com o ex-companheiro de Beira-Rio quanto à formação da defesa. Para Vinícius, Roth vai optar pela alternativa "feijão com arroz", que teria Ceará atuando pelo lado direito e Geferson pelo esquerdo.

— O William virou um jogador importantíssimo para o Inter. Na minha opinião, é o melhor lateral do Brasil. O Roth deve escalar os laterais em suas posições de origem. Não acredito que tire o Ernando do miolo da zaga — opina Vinícius, auxiliar do ex-companheiro Régis no Brasil-Fa e no Avenida e já usando um tom de treinador na sua análise.

Leia outras notícias sobre o Inter

Acompanhe o Inter através do Colorado ZH. Baixe o aplicativo:

IOS

Android

*ZHESPORTES


 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.