Recomeço

Bruno fala em se aproximar do filho e diz que merece segunda chance no futebol

Goleiro do Boa concedeu entrevista à Folha de S. Paulo

Por: ZH Esportes
16/03/2017 - 10h19min | Atualizada em 16/03/2017 - 10h19min
Bruno fala em se aproximar do filho e diz que merece segunda chance no futebol CRISTIANE MATTOS/AFP
Foto: CRISTIANE MATTOS / AFP  

O goleiro Bruno fechou com o Boa, de Minas Gerais, enquanto está em liberdade graças a um habeas corpus concedido até que haja o julgamento do seu recurso no caso Eliza Samúdio. Sem jogar desde 2012, o goleiro afirmou, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, que merece a segunda chance que recebeu do clube mineiro.

— Todas as pessoas merecem uma segunda chance, o direito de recomeçar. Não é porque uma pessoa caiu que tem que ficar no buraco. Ela tem que pegar o que fez de errado, aprender e se tornar uma pessoa melhor. As pessoas tentaram enterrar o meu sonho em um erro que talvez eu tenha cometido. Erros acontecem na vida, principalmente quando você está perto de certas pessoas e o dinheiro e a fama te cegam. Teve época da minha vida que eu joguei a toalha, mas pessoas que estavam próximas de mim, como a minha mulher, a Ingrid (Calheiros), nunca concordaram com isso. A pessoa que sai do mundo onde eu estava e pede oportunidade é para não se tornar bandido. Não sou bandido — disse.

Leia mais:

André Callegari: o caso Bruno é absurdo ou exemplo de reintegração social?
Mãe de Eliza Samudio vai à Justiça contra soltura de goleiro Bruno
Site do Boa é invadido por hackers: "Repúdio por apoiarem feminicídio"

Perguntado sobre qual erro havia cometido, Bruno foi reticente:

— Não sei. A Justiça acha que sim. Eu não sei. Acho que não.

Ex-goleiro de Atlético-MG, Corinthians e Flamengo, Bruno falou sobre a retomada da carreira com os treinos no Boa. Sua expectativa é estar liberado para jogar em menos de dois meses.

— O clube me deu todo o apoio para eu jogar quando estiver totalmente pronto. Tenho que saber trabalhar com o tempo. O corpo, a mente pode estar falando para você que você pode voltar, mas não podemos agir com emoção. Por enquanto, os treinos são leves. Não estou sentindo dor, mas a maratona de treinos ainda vai começar. Para mim, está sendo tudo muito novo. Estou bem tranquilo, sem dor muscular. Estou sentindo falta até delas — contou.

Na vida pessoal, Bruno revelou ter o desejo de se aproximar do filho de Eliza:

— Na primeira oportunidade que tiver, quero encontrar o Bruninho. É o maior desafio da minha vida. Quero me aproximar dele, filho é para sempre. É um pedacinho da gente.

 
 
 
 
Zero Hora No jornal Zero Hora você encontra as últimas notícias sobre esportes, economia, política, moda, cultura, colunistas e mais.